DSpace

RI UFBA >
Instituto de Química >
Programa de Pós-Graduação em Química >
Dissertações de Mestrado (POSQUIMICA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9993

Title: Alcalóides benzofenantridínicos e outros metabólitos do caule e frutos de zanthoxylum tingoassuiba st. hil.
Authors: Silva, Cinara Vasconcelos da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Velozo, Eudes da Silva
Keywords: Química orgânica;Rutaceae;Zanthoxylum;Alcalóides benzofenatrídinicos;Cumarinas;Rutaceae;Anthoxylum;Benzophenantridines alkaloids;Coumarins
Issue Date: 2006
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Química da UFBA
Abstract: Este estudo teve por objetivo contribuir para caracterização da composição química do caule e frutos de Zanthoxylum tingoassuiba St. Hil., espécie popularmente conhecida como casca preciosa, tinguaciba e limão-bravo; e utilizada na medicina popular, como antiespasmódico, relaxante muscular, analgésico, diurético e antiinflamatório. Um espécime de Z. tingoassuiba foi coletado no distrito de Jaíba, município de Feira de Santana ? BA e submetido às técnicas de extração convencionais como partição líquido-líquido e cromatografia em colunas de sílica-gel, obtendo-se 14 substâncias dos extratos orgânicos. A partir dos extratos hexânico e metanólico do caule foram identificados: 2 alcalóides - norqueleritrina e arnotianamida, 1 lignana - sesamina e 4 terpenóides - lupeol, a-bisabolol, acetato de citronelila e espatulenol. A extração diclorometânica e metanólica dos frutos possibilitou a caracterização de 5 cumarinas -xanthotoxina, isopimpinelina, prenilumbeliferona, imperatorina e aurapteno, 1 protoalcalóide - n-metil-antranilato de metila e 2 esteróides - estigmasterol e b-sitosterol. As estruturas dos compostos isolados ou obtidos em mistura foram determinadas por ultravioleta, espectrometria de massas e RMN de 1H e 13C, comparados com dados da literatura. As cumarinas lineares e os alcalóides benzofenatridínicos são freqüentemente associados com as Rutaceae mais primitivas, as proto-Rutaceae (os gêneros Zanthoxylum, Phellodedron e Tetradium) e podem ser considerados marcadores quimiotaxônomicos deste grupo. O perfil químico da Zanthoxylum tingoassuiba estudada, portanto, se assemelha com outras espécies do gênero, bem como da família Rutaceae.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9993
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (POSQUIMICA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Cinara.pdf2.76 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA