DSpace

RI UFBA >
Escola de Nutrição >
Programa de Pós-Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde (PGNUT) >
Dissertações de Mestrado (PGNUT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9670

Title: Análise da Segurança Alimentar e Nutricional na perspectiva da criança: uma proposta metodológica
Authors: Palmeira, Poliana de Araújo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Santos, Sandra Maria Chaves dos
Keywords: segurança alimentar;segurança nutricional;criança;indicador;avaliação;food security;nutrition security, child, indicator, evaluation;NUTRICAO
Issue Date: 2008
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde (PGNUT)
Abstract: Artigo 1:A Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) ocupa espaço privilegiado na agenda governamental configurando um momento favorável à formulação de políticas neste campo. Por se caracterizar como um fenômeno complexo e multifacetado são necessárias metodologias específicas capazes de identificar como se dá a tradução deste nos diferentes ciclos da vida. Este trabalho propõe uma metodologia de avaliação da SAN e Insegurança Alimentar e Nutricional (ISAN) no grupo de crianças menores de dois anos de idade. Para tanto, inicialmente foi definido um conceito-guia de SAN para o grupo estudado e identificadas dimensões de análise, a saber: Condições de vida na família e na comunidade, Prática de cuidado e atenção à saúde, Estado de Saúde e Prática alimentar. Para cada dimensão foram selecionados/construídos indicadores e estabelecidos parâmetros e critérios de sucesso. Ao final, para crianças menores de seis meses construiu-se uma matriz com 15 indicadores, 18 indicadores para crianças entre 6 e 12 meses de idade, e 17 indicadores para crianças maiores de 12 meses. O método proposto parece representar o fenômeno estudado, assim como demonstra capacidade para ser incorporado no processo de construção de políticas públicas de SAN. Artigo 2:O espaço consolidado que programas de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) encontram na agenda política incentiva a proposição de métodos avaliativos. Diversas são as facetas expressas pela SAN nos grupos populacionais, assim, importa dispor de metodologias que considerem as especificidades existentes. Este trabalho aplica uma matriz de indicadores de avaliação da SAN em crianças menores de dois anos objetivando analisar a capacidade do método de medir o fenômeno e seus determinantes. Foram utilizados dados do estudo transversal desenvolvido em 14 municípios da Paraíba/Brasil. Avaliou-se desempenho e especificidade dos indicadores no conjunto da matriz e em dimensões de análise, segundo faixa etária. A maioria das crianças classificou-se em Insegurança Alimentar e Nutricional (ISAN) leve ou moderada. As menores de 6 meses apresentaram maior proteção. Neste grupo destacouse fatores determinantes para SAN: boa formação da mãe e prática do aleitamento materno exclusivo; enquanto em crianças maiores de 6 meses: renda familiar satisfatória, prática alimentar adequada e boa formação materna. A maioria dos indicadores demonstrou especificidade dentre as faixas etárias avaliadas.
Description: p. 1-150
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9670
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PGNUT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissetacao Poliana Palmeira SEG.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA