DSpace

RI UFBA >
Escola de Teatro >
Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) >
Dissertações de Mestrado (PPGAC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9620

Title: Corpo e complexidade: o transito arte-ciência nos processos de criação de Adriana Grechi
Authors: Dias, Luciana de Mattos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Santana, Ivani Lúcia Oliveira de
Keywords: Corpo;Dança;Complexidade;Arte-Ciência;Criação
Issue Date: 2006
Abstract: Esta dissertação tem como objetivo problematizar a emergência de concepções de corpo, ligadas à superação do dualismo mente-corpo, no contexto da contemporaneidade. Propõe investigar estas transformações no campo da Dança, com enfoque no trânsito entre informações artísticas e científicas, ou seja, no trânsito Arte-Ciência. Aponta como parâmetro básico, a existência de discursos sobre o corpo e no corpo que dança. Neste sentido, esta pesquisa buscou investigar de que forma os pensamentos existem no corpo que dança. Como opção metodológica, envolveu um estudo de campo, realizado junto a coreógrafa paulista Adriana Grechi, concebido como lugar de problematização das referências aprofundadas na pesquisa teórica. Este estudo envolveu a análise de quatro processos de criação, dirigidos pela coreógrafa, referentes aos seguintes espetáculos: BootstrapSãoPaulo! [Cia Nova Dança, 1999], Toda Coisa se Desfaz [Cia2 Nova Dança, 2000], Artérias [Cia2 Nova Dança, 2001; Núcleo Artérias, 2003] e Por que nunca me tornei um/a dançarino/a? [Núcleo Artérias, 2004]. O primeiro capítulo aborda o referencial teórico das Ciências da Complexidade, que está implicado às transformações dos sistemas dualistas de conhecimento. Concentra-se na abordagem complexa das relações corpo-ambiente, e apresenta articulações com os dois primeiros espetáculos citados. O segundo e terceiro capítulos envolvem os processos de criação de Artérias e Por que nunca me tornei um/a dançarino/a, que são analisados na construção de articulações com conceitos do campo das Ciências Cognitivas, como as metáforas corporificadas, o conceito de embodied (ou ?mente corporificada?) e o conceito de corpomídia. Estas análises desdobram-se na problematização das concepções de identidade e memória e na proposta de investigação dos estados corporais como estratégia de criação em dança.
Description: 177f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9620
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGAC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
LucianaDiasComSeg2.pdfParte 1125.67 kBAdobe PDFView/Open
LucianaDiasComSeg1.pdfParte 21.71 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA