DSpace

RI UFBA >
Escola de Teatro >
Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) >
Dissertações de Mestrado (PPGAC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9450

Title: "Todo coco um dia vira kenga"- Etnocenologia, performance e transformismo no carnaval Potiguar.
Authors: Barbosa, Makarios Maia
???metadata.dc.contributor.advisor???: Bião, Armindo Jorge de Carvalho
Keywords: Teatro;Etnocenologia;Performance
Issue Date: 2005
Abstract: A presente dissertação descreve e analisa o carnaval transformista das Kengas, um bloco de rua que ocorre no carnaval potiguar, ou seja, na cidade de Natal, capital do Estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste brasileiro. Consideram-se, como corpus desta pesquisa, os acontecimentos espetaculares vivenciados no dia 22 de fevereiro de 2004, antes, durante e depois do desfile do bloco carnavalesco das Kengas. A descrição do referido desfile e seu entorno é a base de dados válidos analisáveis desta pesquisa, que considera ainda as ocorrências deste festejo em carnavais de anos anteriores e seus respectivos contextos histórico-socioculturais. A prática analítica faz uso de arquivos da memória do pesquisador e de dados coletados em entrevistas e discussões com participantes e informantes deste fenômeno. Esta pesquisa contribui para os estudos nas Artes Cênicas, especificamente com diálogos interdisciplinares sobre a construção do espetáculo. A espetacularidade é aqui entendida a partir da etnocenologia, da compreensão das matrizes culturais que fomentam o fenômeno das kengas e da teoria queer. As Kengas, enquanto fenômeno espetacular, são compreendidas, nesta pesquisa, considerando a maneira como nelas se organizam o carnaval, a folia de rua, o teatro popular, o desenvolvimento de personagens-tipo, a caracterização, a performance, a diversidade de gênero, enfim, algumas de suas matrizes culturais. Este trabalho busca ainda atualizar procedimentos de análise da cena a partir dos estudos da performance como teoria crítica contemporânea. Considera-se, como ponto central dos resultados obtidos com esta investigação, o entendimento da atitude do transformismo como estratégia de agrupamento de sujeitos minoritários em torno da ocupação da cena festiva do espaço público para o favorecimento da divulgação de idéias e atitudes referentes à diversidade de gênero. Compreende-se ainda que estas atitudes de afirmação da diversidade de gênero são construtos corporais destes sujeitos em espetacularidade. A etnocenologia e os estudos da performance são, nesta pesquisa, possibilidades interdisciplinares de constituição metodológica, visando à compreensão do fato espetacular das kengas como fenômeno multirreferencial localizado nos limites entre o estético e o político.
Description: 222f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9450
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGAC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
MakariosComSeg.pdf7.22 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA