DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9439

Title: Vulnerabilidade ao HIV/AIDS entre homens e mulheres de 50 a 59 anos
Authors: Silva, Lucineide Santos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Paiva, Mirian Santos
Keywords: Aids;Vulnerabilidade;Envelhecimento;Vulnerability;Aging
Issue Date: 2006
Publisher: Programa de Pós- Graduação em Enfermagem da UFBA
Abstract: A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (aids) tem acometido progressivamente homens e mulheres que estão na faixa etária de 50 a 59 anos. Neste sentido, é importante conhecer as representações sociais dessas pessoas, para melhor compreender suas vulnerabilidades à infecção pelo HIV e o modo como agem diante desta epidemia. Este estudo pautou-se nos seguintes objetivos: identificar situações de vulnerabilidade em relação ao HIV/aids entre homens e mulheres de 50 a 59 anos, soropositivos(as) e soronegativos(as); apreender as representações sociais desses sujeitos sobre aids e, conhecer as implicações das representações sociais para aids na vulnerabilidade desses indivíduos. O estudo é quantiqualitativo, com abordagem multimétodos, fundamentado na Teoria das Representações Sociais, gênero, geração e no conceito de vulnerabilidade proposto por Mann. A pesquisa foi desenvolvida em Salvador/BA, tendo como sujeitos 85 homens e mulheres com 50 a 59 anos, soropositivos(as) e soronegativos(as) para o HIV, que compareceram entre os meses de dezembro/2005 a abril/2006 ao Centro de Referência Estadual em IST e aids. Os dados foram coletados através do Teste de Associação Livre de Palavras (TALP) e da entrevista semiestruturada, sendo os mesmos submetidos a análise fatorial de correspondência (AFC) e a análise de conteúdo temática, respectivamente. Para o TALP foram utilizados cinco estímulos indutores: aids, sexo, sexualidade, práticas sexuais e vulnerabilidade ao HIV/aids. As respostas foram processadas no software Tri-Deux-Mots, com as seguintes variáveis: sexo, opção sexual, escolaridade, idade, religião e condição sorológica para o HIV. A AFC demonstrou que só houve significância na oposição de respostas para as variáveis sexo e opção sexual. Na análise, evidenciou-se que os homens destacaram um aspecto social relacionado a aids (“preconceito”), enquanto que as mulheres enfatizaram os desconfortos orgânico e psicológico (“doença contagiosa” e “doença ruim”). Para os indivíduos que se declararam homossexuais e bissexuais, a aids remete aos aspectos negativos da doença, uma vez que esta é uma “doença contagiosa”, “incurável”, “ruim” e que causa “preocupação”. Os condicionantes de gênero e geracionais foram identificados nas representações sociais para o sexo, sexualidade e práticas sexuais, sendo estes representados por elas como “normal” e para eles como “prazer”. A soropositividade para o HIV representa para as mulheres o fim das atividades sexuais, entretanto, para os homens, não traz muitas repercussões na esfera da sexualidade. Grande parte dos sujeitos reconheceu o risco do “sexo desprotegido” e a importância da utilização da “camisinha”. Constatou-se que a maioria dos soronegativos não se percebe vulnerável ao HIV/aids, sobretudo, por considerar que esta é uma “doença de jovens”. As principais situações de vulnerabilidade ao HIV identificadas pelos sujeitos foram o excesso de confiança no(a) parceiro(a), a dificuldade de inserir o preservativo nas relações estáveis, relações sexuais desprotegidas com a “mulher da rua” e/ou com a “mulher de rua” e a participação em orgias. Diante dos achados, reafirma-se a importância das implicações das representações sociais na vulnerabilidade dos indivíduos que se encontram com idade entre 50 a 59 anos, sobretudo, para subsidiar atividades educativas e a formulação de políticas públicas para a prevenção e o controle da epidemia de HIV/aids nessa faixa etária.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9439
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Lucineide%20Silva.pdf519.43 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA