DSpace

RI UFBA >
Escola de Teatro >
Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) >
Dissertações de Mestrado (PPGAC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9435

Title: Na Teia de Ananse: um griot no teatro e sua trama de narrativas de matriz africana
Authors: Souza, Rafael Morais de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Silva, Hebe Alves da
Keywords: Teatro;Improvisação (Representação teatral);Atores;Tradição oral
Issue Date: 5-Apr-2013
Abstract: Discute-se o processo criativo do ator na construção de uma trama de narrativas de matriz africana inspirada em referências dos griots – narradores tradicionais da África Sub-Saariana. A pesquisa qualitativa, analítico-descritiva, aborda determinados procedimentos técnico-metodológicos do ofício do ator, aliados às competências do palhaço, da improvisação teatral, e alguns elementos e princípios da tradição oral africana que me mobilizaram a elaborar uma teia dramática constituída de contos e mitos afro-brasileiros. Apresenta-se, então, o estudo das relações entre determinados cronistas tradicionais da África: os griots ou dielis da tradição bambara, com a atitude de reinvenção das histórias de matriz africana na Bahia, e, com os narradores afrobaianos, comumente identificados como griôs na Bahia e no Brasil; para, a partir daí, elaborar um processo de criação de um tecido narrativo inspirado em referências dos narradores africanos, denominado Teia de Ananse. Portanto, o personagem narrador abordado no exercício de criação integrante da presente pesquisa, responsável pela constituição de uma trama de narrativas da tradição oral de origem africana e afrobrasileira, é uma recriação, no campo teatral, dos narradores tradicionais africanos – griots. Assim, apesar de permitir aproximações, revelam-se características distintas entre o ofício do griot tradicional e o do ator no presente processo criativo. Considera, também, a função do griot de alinhavar poeticamente os diversos elementos que constituem a cena, a partir de seu poder de impulsionar e mobilizar variados rudimentos convergentes para uma concepção cênica organizada e coordenada pelo próprio ator. Trata-se, portanto, de uma metodologia em constante desenvolvimento por mim em processos de encenação de narrativas, de composição de desempenho - na qual o personagem narrador assimila características do próprio ator que o cria -, bem como, de criação de tramas narrativas a partir de histórias tradicionais e experiências de vida deste ator, o qual pode ainda desempenhar os diversos personagens das narrativas, como por exemplo, o personagem que protagoniza a teia de narrativas resultante do estudo em questão: o lendário Ananse.
Description: 129 f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9435
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGAC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Rafael Morais de Souza.pdf900.86 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA