DSpace

RI UFBA >
Escola de Dança >
Programa de Pós-Graduação em Dança (PPGDANCA) >
Dissertações de Mestrado (PPGDANCA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9046

Title: Sobre treinamentos técnicos de dança como coleções de artefatos cognitivos
Authors: Aguiar, Daniella de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Santana, Ivani Lúcia Oliveira de
Keywords: Dança;Treinamento Técnico;Técnica;Artefato Cognitivo
Issue Date: 2008
Abstract: Como os treinamentos técnicos de dança criam domínios específicos de problemas, e como estão relacionados à atividade criativa e, principalmente, ao aprendizado? Descrevemos e analisamos treinamentos técnicos de dança como coleções de artefatos cognitivos, uma noção recentemente sistematizada por Andy Clark. Artefatos cognitivos são artefatos não-biológicos que, quando ‘acoplados’ aos corpos-mentes de seus usuários, modificam, amplificam ou intensificam habilidades cognitivas inatas. Eles criam domínios de problemas ao mesmo tempo em que funcionam como atalhos para soluções de problemas. A noção permite, entre outras coisas, explicar ‘porque’, e ‘como’, técnicas, ou artefatos, criam domínios concebíveis e bastante específicos e estruturados de problemas, além de formas de abordagem e de solução destes problemas. Nossas análises têm por objetivo entender como os treinamentos técnicos de dança criam domínios restritos de problemas concebíveis, além de propostas específicas de soluções, um fenômeno descrito como looping causal. Identificamos alguns tipos de relações que podem se estabelecer entre artefatos, em cada treinamento, e entre os artefatos e problemas específicos quando são ‘acoplados’ aos dançarinos. Selecionamos dois treinamentos técnicos: as técnicas do balé clássico e de Klauss Vianna, exemplos do que Sylvia Faure tem chamado, respectivamente, de treinamentos baseados em uma lógica da ‘disciplina’ e em uma lógica da ‘singularidade’. Estes dois exemplos são, freqüentemente, denominados treinamentos ‘neutros’ ou ‘de base’. A partir de nossas análises, discutimos as idéias de treinamento ‘neutro’ ou ‘de base’. Concluimos que uma noção de treinamento ‘neutro’ e técnica de base não se sustentam, de acordo com a perspectiva proposta e desenvolvida aqui. Ao final, exploramos algumas diversas consequências da aplicação da noção de artefato, em diferentes domínios de investigação em dança.
Description: 119f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/9046
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGDANCA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
AGUIAR_pretextuais_mestrado.pdf159.38 kBAdobe PDFView/Open
AGUIAR_mestrado.pdf817.11 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA