DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/8105

Title: Perfil clínico-epidemiológico da hanseníase no município de Irecê-Bahia, período 2001 a 2011
Authors: Santos Filho, Reinaldo Cicílio dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Kusterer, Liliane Elze Falcão Lins
Keywords: Hanseníase;Epidemiologia;Irecê
Issue Date: 24-Jan-2013
Abstract: A hanseníase ainda se faz presente no Brasil em nível endêmico, sendo considerado um problema de Saúde Pública. O Brasil já chegou a ocupar o primeiro lugar no ranking da OMS, com uma média de 4,52 casos para cada 10.000 habitantes, seguido pela Índia com um índice de 3,2 casos para cada 10.000 habitantes. Este trabalho objetiva conhecer o perfil clínico epidemiológico da hanseníase no município de Irecê, no período de 2001 a 2011. A presente pesquisa caracteriza-se como um estudo de uma série de casos notificados de hanseníase. Todos os dados foram coletados junto à vigilância epidemiológica do município, sendo a população deste estudo composta por todos os indivíduos, portadores da hanseníase, que foram atendidos na primeira consulta no município no período. No período do estudo foram registrados 204 casos novos dentre os quais 106 homens (51,96%). A faixa etária predominante foi de 35 a 49 anos com 68 casos (33%). Nos casos clinicamente classificados, houve uma predominância da forma dimorfa (14,7 %) seguida pela tuberculóide (12,2%). Houve oscilação da incidência durante o período de análise, permanecendo na maioria das vezes acima da meta da OMS, ou seja, com coeficiente de detecção maior que um para cada 10.000 habitantes. O presente trabalho mostrou que o município de Irecê ainda apresenta um alto coeficiente de detecção de casos novos com períodos hiperendêmicos. A implantação das Unidades de Saúde da Família pode ter contribuído para redução da incidência da hanseníase, uma vez que essa descentralização de ações facilita o acesso do usuário à unidade para o diagnóstico e tratamento. Desta forma, a ampliação da rede de diagnóstico juntamente com as práticas educativas parecem ser as ações mais emergentes a serem postas em prática para que se possa realizar diagnósticos precoces e, por conseguinte, proporcionar a intervenção curativa antes da instalação das incapacidades.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/8105
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Reinaldo Cicílio dos Santos Filho (2012.1).pdf449.46 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA