DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Ciências Contábeis >
Programa de Pós-graduação em Ciências Contábeis >
Dissertações de Mestrado (PPGCONT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/7429

Title: Ciclo de vida organizacional e instrumentos de gestão: uma investigação nas empresas baianas
Authors: Correia, Rorildo Barbosa
???metadata.dc.contributor.advisor???: Gomes, Sônia Maria da Silva
Keywords: Ciclo de vida organizacional.;Modelos de gestão;Instrumentos de gestão;Desenvolvimento organizacional;Informação gerencial
Issue Date: 11-Dec-2012
Abstract: A teoria do ciclo de vida organizacional parte do pressuposto que as organizações se desenvolvem por meio de fases distintas e que utilizam um conjunto de práticas de gestão compatíveis e adequadas a cada fase. Tais práticas são influenciadas por padrões ambientais, estruturais e estratégicos e pelos processos decisórios, os quais impactam os sistemas de contabilidade gerencial. A pesquisa foi operacionalizada por meio de questionários elaborados com a utilização da ferramenta Google docs e submetidos às empresas. O questionário utilizado para coleta de dados foi desmembrado em três partes: a) identificar os estágios do ciclo de vida organizacional; b) verificar se os instrumentos de gestão apresentados nesta pesquisa são utilizados pelas empresas e c) caracterização das empresas. Neste sentido, esta pesquisa investigou qual relação que existe entre os estágios de ciclo de vida das organizações e os instrumentos de gestão adotados pelos gestores das empresas baianas, tendo como objetivos secundários, mapear os estágios de ciclo de vida das organizações baianas dentro do padrão teórico proposto por Lester, Parnell e Carraher (2003), identificar os instrumentos de gestão utilizados pelas empresas baianas e verificar se existe relação entre os estágios do ciclo de vida da organização e os instrumentos de gestão. No que diz respeito aos resultados da pesquisa, foi constatado que, das 51 organizações pesquisadas, vinte e seis estavam no estágio nascimento, seis no estágio crescimento, cinco no estágio renovação, sete no estágio declínio, sete sem identificação de estágio e não foram identificadas organizações no estágio maturidade. A identificação dos estágios do ciclo de vida organizacional das empresas pesquisadas foi realizada de forma descritiva e com uma abordagem cross-sectional. Os instrumentos de gestão adotados pelos gestores das empresas baianas foram identificados e com a aplicação da técnica estatística MANOVA foi possível evidenciar que existe relação entre os estágios do ciclo de vida das organizações e os instrumentos de gestão: (a) Balanced Scorecard (BSC), (b) Custeio Baseado em Atividades (ABC), (c) Economic Value Added (EVA®), (d) Gestão Baseada em Atividades (ABM), (e) Gestão Baseada em Valor (VBM - Value Based Manangement), (f) Orçamento e (g) Planejamento Estratégico. Por outro lado, com base na técnica estatística não paramétrica de Kruskal-Wallis, foi possível evidenciar que não há relação entre os estágios do ciclo de vida das organizações e os instrumentos de gestão: (a) Custeio por Absorção, (b) Custeio do Ciclo de Vida do Produto, (c) Retorno sobre o Investimento (ROI). Finalmente, concluiu-se que, mesmo com as limitações da presente pesquisa, há fortes evidências de que as organizações se desenvolvem por meio de estágios ou fases distintas.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/7429
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGCONT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Disserta%C3%A7%C3%A3o%20atualizada%20corrigida%20vers%C3%A3o%20MA%20%20IO_1%20sem%20assinar.pdf2.48 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA