DSpace

RI UFBA >
Instituto de Psicologia >
Artigos Publicados em Periódicos (PSI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/6100

Title: Lacunas, metas e condições para a expansão da pós-graduação em psicologia no país
Other Titles: Psicologia: Reflexão e Crítica
Authors: Carneiro, Terezinha Féres
Bastos, Antônio Virgílio Bittencourt
Feitosa, Maria Ângela Guimarães
Moura, Maria Lucia Seidl de
Yamamoto, Oswaldo Hajime
Keywords: Pós-Graduação;Expansão;Lacunas;Metas
Issue Date: 2010
Publisher: Scielo
Abstract: Este trabalho visa discutir lacunas, metas e condições para a expansão da Pós-Graduação em Psicologia no Brasil. Para tal, partiu-se de pressupostos de que é necessário levar em conta os objetivos a serem atingidos, consideradas as condições de exequibilidade previstas ou supostas. É inicialmente tratada a necessidade de expansão da Pós-Graduação na área da Psicologia. Concluindo afirmativamente, são traçadas as diversas metas e as condições necessárias para atingi-las: de caminhar para que todas as Unidades da Federação tenham Programas de Pós-Graduação na área e que, em cinco anos, já se observe mais cinco UF com novos programas; que todos que já têm mestrado passem a contar com doutorado; que nas UF que só têm programas em IES privadas sejam criados programas nas IES públicas; que em algumas UF de grande extensão territorial, sejam atendidas mais microrregiões. Para melhor equipar os Programas existentes com recursos humanos qualificados, propõe-se um crescimento anual de titulados na ordem de 10%. Analisando dados de levantamentos feitos, são discutidas dificuldades de proposição de metas com base em eventuais lacunas de subáreas, uma delas a falta de consenso sobre o que deve ser uma Área de Concentração ou Linha de Pesquisa. Tratou-se, então, dos objetivos da Pós-Graduação a serem atendidos com os tipos de expansão propostos, sendo discutida a questão dos mestrados profissionalizantes, sendo formulada a meta de induzir a proposição de Mestrados Profissionais, em Programas consolidados, até um limite inicial de 10% do sistema (da área), em um intervalo de dois anos. Sugere-se priorizar a qualificação/formação de gestores e profissionais no campo das políticas sociais (saúde, assistência). Metas são ainda propostas pensando a relação da pós e da graduação e das necessidades identificadas na formação. Novos estudos e levantamentos são necessários para atualizar os dados disponíveis para este trabalho e validar as propostas feitas.
Description: p. 11-24
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/6100
ISSN: 0102-7972
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (PSI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
(60)v23s1a03.pdf213.38 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA