DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar e Multi-institucional em Difusão do Conhecimento (DMMDC) >
Teses de Doutorado (DMMDC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32378

Title: Tecnologia de rastreamento ocular como ferramenta auxiliar para avaliação audiológica básica de pessoas com múltiplas deficiências no SUS.
Authors: Fernandes, Kelly Cristina de Souza
???metadata.dc.contributor.advisor???: Miranda, José Garcia Vivas
Keywords: Audiologia;Audiometria;Pessoas com deficiências;Tecnologia assistiva;Rastreamento;Audiology;Audiometry;Disabled persons;Assistive tecnology;Tracking
Issue Date: 6-Nov-2020
Abstract: Em Audiologia ainda é difícil o diagnóstico precoce e preciso da deficiência auditiva em pessoas com múltiplas deficiências, mesmo com o grande avanço tecnológico na área que possibilitou a avaliação audiológica objetiva em recém-nascidos. Portanto, é essencial a realização de testes subjetivos, que compõem a avaliação audiológica básica - Audiometria Tonal Liminar e Logoaudiometria -, e deve ocorrer em momento oportuno, pois a análise conjunta de exames objetivos e subjetivos permite maior precisão do diagnóstico da perda auditiva. Para a reabilitação de pessoas com deficiência, o rastreamento ocular é uma das tecnologias assistivas que pode ser utilizada. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a tecnologia de rastreamento ocular como ferramenta auxiliar para avaliação audiológica básica de pessoas com múltiplas deficiências no SUS. Trata-se de um estudo de caso com seis usuários com paralisia cerebral; qualiquantitativo, avaliativo, descritivo e exploratório. A avaliação audiológica básica foi realizada com a tecnologia assistiva de rastreamento ocular e com o software AudioReabilite desenvolvido. A análise de correspondência ocorreu por meio da comparação entre os resultados da avaliação audiológica subjetiva utilizando-se o rastreamento com os resultados da avaliação audiológica objetiva, bem como com os resultados da avaliação audiológica básica convencional quando existentes nos prontuários. Foi realizada avaliação documental, observação participante, avaliação de registros de múltiplos observadores, entrevista semiestruturada e triangulação múltipla (de dados, de avaliadores e de métodos). Foram utilizadas nuvens de palavras para representação do conhecimento quanto à percepção dos diferentes observadores e dos entrevistados sobre a utilização do rastreamento ocular para a avaliação audiológica básica. Os resultados demonstraram correspondência entre os achados da avaliação audiológica subjetiva realizada com o rastreamento ocular e a avaliação audiológica objetiva, para todos os casos avaliados. As facilidades referidas nas observações foram relacionadas aos usuários e equipe, sendo estes colaborativos e experiente, respectivamente. A principal dificuldade foi a movimentação involuntária dos usuários, que dificultou a captura do movimento ocular. Os usuários demonstraram tranquilidade, colaboração, atenção e alegria durante os testes, e a equipe tranquilidade, resolutividade e paciência. Cuidadores e profissionais da saúde referiram, em sua maioria, que o uso da tecnologia foi extremamente importante. Este estudo apontou que a tecnologia de rastreamento ocular, associada ao software AudioReabilite, é uma ferramenta viável, de baixo custo, de fácil aplicabilidade e que pode auxiliar a obtenção de respostas de pessoas com múltiplas deficiências durante a avaliação audiológica básica no SUS. Contudo, é importante o aprimoramento da ferramenta, a fim de reduzir e/ou eliminar as dificuldades verificadas no estudo e são necessários estudos adicionais para melhor aprofundamento sobre este conhecimento específico, principalmente, por se tratar de uma ferramenta pouco explorada em Audiologia.
ABSTRACT In Audiology, accurate early diagnosis of hearing loss in people with multiple disabilities is still difficult to make, even with the great technological advancement in the area that enabled objective audiological assessment in newborns. Therefore, it is essential to perform subjective tests, which comprise the basic audiological evaluation - Pure Tone Threshold Audiometry and Speech Audiometry -, and it should occur at an opportune moment, since the joint analysis of objective and subjective exams allows greater precision in the diagnosis of hearing loss. For the rehabilitation of people with disabilities, eye tracking is one of the assistive technologies that can be used. This research aimed to evaluate eye tracking technology as an auxiliary tool for basic audiological assessment of people with multiple disabilities in the Brazilian Unified System of Health. This is a case study with six users with cerebral palsy; qualitative, evaluative, descriptive and exploratory. The basic audiological evaluation was performed with assistive eye tracking technology and the developed AudioReabilite software. Correspondence analysis occurred by comparing the results of the subjective audiological evaluation using the screening with the results of the objective audiological evaluation, as well as with the results of the conventional basic audiological evaluation when existing in the medical records. Documentary evaluation, participant observation, evaluation of multiple observer records, semi-structured interviews and multiple triangulation (data, evaluators and methods) were performed. Word clouds were used to represent knowledge about the perception of different observers and interviewees about the use of eye tracking for basic audiological assessment. The results showed a correspondence between the findings of the subjective audiological evaluation performed with the eye tracking and the objective audiological evaluation, for all cases evaluated. The facilities mentioned in the observations were related to users and staff, who were evaluated as collaborative and experienced, respectively. The main difficulty was the users' involuntary movement, which made it difficult to capture eye movement. Users showed tranquility, collaboration, attention and joy during the tests, and the team showed tranquility, resoluteness and patience. Most caregivers and health professionals mentioned that the use of the technology was extremely important. This study pointed out that the eye tracking technology, associated with the AudioReabilite software, is a viable, low-cost, easy-to-apply tool that can help to obtain answers from people with multiple disabilities during the basic audiological evaluation in the Brazilian Unified System of Health. However, it is important to improve the tool in order to reduce and / or eliminate difficulties found in the study and additional studies are needed to better understand this specific knowledge, mainly because it is a tool not well explored in Audiology.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32378
Appears in Collections:Teses de Doutorado (DMMDC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE DOUTORADO VERSÃO FINAL REPOSITÓRIO UFBA.pdf6.33 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA