DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pos Graduacao em Museologia (PPGMUSEU) >
Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31871

Title: A roda de teatro de rua girou no chafariz da cabocla e aconteceu um museu
Authors: Ribeiro, Manuela de Oliveira Santos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Silva, Rita de Cássia Maia da
Keywords: Museu-fenômeno;Teatro de rua;Musealização;Chafariz da Cabocla;Museum-phenomenon;Street hteater;Musealization;Cabocla fountain
Issue Date: 28-Apr-2020
Abstract: Trazendo à baila o conceito de museu-fenômeno e partindo da observação de três grupos de teatro de rua de Salvador que realizam seus espetáculos em torno de monumentos e reivindicam o que eles chamam de teatro de rua pela memória, a presente dissertação tem como objetivo entender qual estratégia tais grupos utilizam para musealizar o Chafariz da Cabocla e fazer dali um acontecimento museal. Considerando que um museu pode acontecer na rua, buscamos pensar o museu não como um edifício museal, mas como um espaço de presentificação das ideias e manifestação das memórias, isto é, o museu pode acontecer em qualquer lugar bastando apenas a presença humana. A metodologia de pesquisa de viés qualitativo permitiu-nos observar-participar das apresentações dos grupos de teatro de rua pela memória no Chafariz da Cabocla, no período de 2015 a 2018 e construir o corpus/material de pesquisa através de caderno de campo, entrevistas, cartazes e fotografias. Além disso, recorremos a revistas, jornais, sites e blogs onde foi possível consultar o histórico do Coletivo Arte Marginal Salvador, do Grupo de Arte Popular A Pombagem e do Coletivo Mulheres Aguerridas. Desta maneira, a pesquisa propiciou o entendimento sobre como os referidos grupos musealizam o Chafariz da Cabocla e possibilitam o acontecimento museal em torno deste monumento.
Bringing to light the concept of museum-phenomenon and starting from the observation of three groups of street theater of Salvador that realize their spectacles around monuments and claim what they call street theater by memory, the present dissertation aims to understand what strategy these groups use to muse the Cabocla Fountain and to make a museum event there. Considering that a museum can happen on the street, we try to think of the museum not as an museum building, but as a place of presentiment of ideas and manifestation of memories, that is, the museum can happen anywhere just by human presence. The research methodology of qualitative bias allowed us to observe the participation of the presentations of the street theater groups by memory in the Cabocla Fountain, from 2015 to 2018, and to construct the corpus / research material through a field notebook, interviews and photographs. In addition, we used magazines, newspapers, websites and blogs where it was possible to consult the history of the Collective Marginal Art Salvador, the Popular Art Group A Pombagem and the Collective Women Warriors. In this way, the research facilitated the understanding on how the mentioned groups musealize the Cabocla Fountain and allow the museum event around this monument.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31871
ISSN: Dissertação
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação de Manuela Ribeiro.pdf6.94 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA