DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Trabalho (PPGSAT) >
Dissertações de Mestrado (PPGSAT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31801

Title: Significados da segurança alimentar e nutricional em uma comunidade de marisqueiras no Recôncavo Baiano
Authors: Mota, Sara Emanuela de Carvalho
???metadata.dc.contributor.advisor???: Pena, Paulo Gilvane Lopes
Keywords: Segurança Alimentar e Nutricional;Saúde do Trabalhador;Saúde da Mulher
Issue Date: 10-Apr-2020
Abstract: No Brasil, as discussões em torno do conceito da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) culminaram no entendimento desta enquanto efetivação do direito universal ao acesso regular a uma alimentação de qualidade e em quantidade suficiente, tendo como base práticas alimentaresambiental, cultural, econômica e socialmente sustentáveis, e que sejam promotoras de saúde. O uso de metodologias direcionadas a compreender a percepção acerca da insegurança alimentar pelos sujeitos inseridos nesta condição tem-se mostrado uma ferramenta importante na avaliação do que se chama de dimensão subjetiva da insegurança alimentar.Nesta esteira, o presente estudo busca compreender as acepções acerca da segurança alimentar e nutricional para marisqueiras da sede do município de Salinas da Margarida-BA, bem como suas estratégias de acesso ao alimento.Com este objetivo, foram utilizadas contribuições teóricas do campo das ciências sociais, em especial, da sociologia compreensiva weberiana e da hermenêutica dialética proposta por Minayo. Observou-se que, na população estudada, a garantia da segurança alimentar e nutricional assume uma dimensão coletiva e repleta de significados construídos a partir dos valores, normas e costumes que forjam as caraterísticas culturais específicas daquela comunidade. A despeito de desempenharem uma atividade extrativista, cujo acesso regular ao alimento deve ser assegurado pelo ambiente natural, fatores culturais, ambientais e socioeconômicos conduzem membros dessa comunidade a um estado de insegurança alimentar e nutricional, e revelam a complexidade do comer e do que se entende por comida em um contexto onde estratégias que mobilizam saberes e práticas tradicionais mantidosoriginalmente, ou com alguma adaptação, têm sido desenvolvidas pordiversas gerações.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31801
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGSAT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertação de mestrado - final.pdf2.33 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA