DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pos Graduacao em Museologia (PPGMUSEU) >
Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31663

Title: Mãos que cosem a memória: as Rendeiras de Saubara-BA e o protagonismo de mulheres negras no patrimônio
Authors: Oliveira, Anna Luisa Santos de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Soares, Cecilia Conceição Moreira
Keywords: Museologia;Renda de bilro;Patrimônio cultural;Gênero;Raça;Museology;Bobbin laces;Cultural heritage;Gender;Race
Issue Date: 13-Mar-2020
Abstract: Esta pesquisa tem como finalidade analisar a Casa das Rendeiras do município baiano de Saubara, enquanto espaço de salvaguarda do patrimônio e a protagonização feminina negra por meio do saber fazer da renda de bilro. A investigação é proposta a partir da utilização do arcabouço teórico metodológico em museologia social, tendo como propósito refletir acerca da importância da memória individual e coletiva de mulheres negras para o patrimônio cultural local. Para tanto foram utilizados os conceitos de museologia social, memória, patrimônio cultural, gênero, raça e trabalho. As narrativas das vivências dessas mulheres rendeiras constituem fontes principais de pesquisa para esta dissertação. A compreensão do patrimônio cultural, a partir do ofício das rendeiras enquanto detentoras do saber fazer da renda de bilro, fazem delas objeto da museologia, possibilitando a discussão sobre a representação da identidade cultural por meio da memória imaterial, do trabalho que abarca a renda de bilro para além da sua técnica, suas interseccionalidades entre gênero e raça em confluência com a sociomuseologia e as relações entre artesanato, economia e mundo do trabalho.
This research aims to analyze the House of Rendeiras from Bahia’s county of Saubara, as a space for safeguarding of patrimony and black female protagonism by knowledge of how to make laces of the bilro. The study is proposed from the use of the theoretical framework in museology, having as locus the reflections on the importance of the individual and collective memory of black women for the local cultural patrimony. For that, the concepts of social museology, memory, cultural heritage, gender, race and work were used. The narratives of the experiences of these lacemakers women constitute main sources of research for this dissertation. The understanding of the cultural patrimony, starting from the office of the lacemakers while holding the know how to make the lace of the bilros, make them an object of museology, making possible the discussion about the representation of cultural identity through immaterial memory, of the work that covers bobbin laces of the bilros in addition to his technique, their intersectionalities between gender and race in confluence with sociomuseology and the relations between crafts, economy and the world of work.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31663
ISSN: Dissertação
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Anna Luisa Santos de Oliveira PPGMUSEU UFBA.pdf3.24 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA