DSpace

RI UFBA >
Escola de Teatro >
Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) >
Teses de Doutorado (PPGAC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30994

Title: Pedagogia da Circularidade Afrocênica: diretrizes metodológicas inspiradas nas ensinagens da tradição do Candomblé Congo-Angola
Authors: Ferreira, Tássio
???metadata.dc.contributor.advisor???: Mendonça, Célida Salume
Keywords: Artes da Cena;Ensinagens Afrodiaspóricas;Candomblé Congo-Angola;Cultura Bantu;Poéticas Negras
Issue Date: 3-Dec-2019
Abstract: A pesquisa reflete sobre os modos de como o pensamento tradicional do Candomblé Congo-Angola e filosofia dos Bantu, a partir de sua estrutura social/política/filosófica/estética/sagrada, podem inspirar poeticamente processos de ensino-aprendizagem das Artes da Cena, no âmbito acadêmico, considerando a circularidade como base conceitual. Desta investigação emergem cinco fundamentos de ensino (de modo integral, circular, corporal, ancestral e místico) os quais subsidiam os processos de ensinagens do terreiro e organizam as diretrizes metodológicas aqui investigadas. O entendimento da pesquisa-encruzilhada, conceito imbricado no referencial epistemológico alinhavado pela abordagem da encruzilhada como operador conceitual, cunhado pela professora Leda Maria Martins (1995), em diálogo com a Pedagogia das Encruzilhadas do professor Luiz Rufino (2018), organizou os modos de pesquisa, envolvendo completamente o pesquisador na investigação, além de ter permitido operações conceituais de grande complexidade. Como ponto de partida, discutirei sobre o processo de ensino-aprendizagem vivenciado por mim e pelos membros do Terreiro Unzó ia Kisimbi ria Maza Nzambi (sediado no município de Simões Filho-Ba), através dos depoimentos das pessoas iniciadas. As vivências que decorrem da circularidade do terreiro me levaram a criação do Projeto de Pesquisa e Extensão Universitária, na Universidade Federal do Sul da Bahia, intitulado Coletivo AFRO(en)CENA. Neste projeto foi possível experimentar conceitualmente a Pedagogia da Circularidade Afrocênica como proposta de formação artística da cena, colidindo ações em níveis de: a) Formação Geral [no âmbito artístico, cultural, histórico e filosófico]; b) Científico [cinco edições da Azuela: poéticas negras em roda]; c) Artístico [experimento cênico: Travessias – ciclos transatlânticos]. Na encruzilhada da pesquisa organizada em ciclos, convoco para o diálogo e adensamento do debate os seguintes autores(as): Barbosa (2016), Cunha Júnior (2002), Lima (2002, 2010, 2011), Machado (2002, 2010, 2017), Martins (1995, 1997), Munanga (2006), Oliveira (2007, 2011), Petit (2015), Rosa (2013), Rufino (2018), Sodré (2017), dentre outros.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30994
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGAC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE-PedagogiadaCircularidadeAfrocênica (Tássio Ferreira).pdf11.79 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA