DSpace

RI UFBA >
Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia >
Programa de Pós-Graduação em Zootecnia (PPGZOO) >
Dissertações de Mestrado (PPGZOO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30939

Title: Resíduo de tamarindo na ensilagem da parte aérea da mandioca: qualidade da carne de cordeiros
Authors: Santos, Neiri Jean Alves dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Barbosa, Analívia Martins
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Menezes, Daniel Ribeiro
Keywords: Ácidos graxos;Composição centesimal;Cor;Cortes comerciais;Maciez;Ovinos - Nutrição
Issue Date: 14-Nov-2019
Abstract: Objetivou-se determinar a inclusão máxima do resíduo desidratado de tamarindo na ensilagem da parte aérea da mandioca e seus possíveis efeitos sobre os aspectos qualitativos da carne de cordeiros. Foram utilizados 40 cordeiros machos, sem padrão racial definido, com peso médio inicial de 22,09 ± 2,87 kg, distribuídos aleatoriamente em delineamento inteiramente casualizado (DIC). Sendo 4 tratamentos e 10 repetições. Os tratamentos foram caracterizados pela inclusão de 0; 13; 23 e 30% de resíduo desidratado de tamarindo (Tamarindus indica) na matéria seca da ensilagem da parte aérea da mandioca. Após 85 dias de confinamento, os animais foram abatidos e as carcaça refrigeradas a 4 ºC por 24 horas. Os valores de pH foram monitorados, com auxílio e um potenciômetro, 45 min e 24 horas após o abate no músculos Longissimus lumborum. Em seguida, as carcaças foram divididas longitudinalmente em duas partes. A meia-carcaça esquerda foi subdividida em seis regiões anatômicas (cortes comerciais). O lombo foi coletado para análises da composição centesimal (umidade, proteína, lipídios e matéria mineral) e avaliação das características físico-químicas que incluíram a variável cor, capacidade de retenção de água, perdas por cocção, força de cisalhamento e do perfil dos ácidos graxos. Os dados de composição centesimal, características físico-químicas e do perfil de ácidos graxos da carne foram, então, submetidos a análises de variância e regressão. Os níveis de resíduo desidratado de tamarindo na ensilagem da parte aérea da mandioca proporcionaram efeito linear crescente (P<0,05) para todos os cortes comercias, perna, lombo, costilhar e paleta, exceto para o pescoço e serrote. A composição centesimal da carne não foi influenciada pela dieta (P>0,05). De forma similar, não houve efeito (P>0,05) para os valores de pH, perda por cocção e força de cisalhamento. Entretanto, houve efeito quadrático negativo (P<0,05) para a variável capacidade de retenção de água. A luminosidade e os teores de vermelho e de amarelo e o croma, também não foram influenciados (P>0,05) pelas dietas. O perfil de ácidos graxos da carne variou entre as dietas (P<0,05). Dietas contendo até 30% do resíduo desidratado de tamarindo na ensilagem da parte aérea da mandioca podem ser utilizadas para terminação de cordeiros não comprometendo a qualidade da carne e interferindo positivamente no perfil dos ácidos graxos.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30939
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGZOO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
NEIRI JEAN ALVES DOS SANTOS.pdf668.11 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA