DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Economia >
Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGECO) >
Teses de Doutorado (PPGECO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30866

Title: Economias de aglomeração e matching de ocupação e qualificação no mercado de trabalho brasileiro
Authors: Silva, Adelson Santos da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Santos, Gervásio Ferreira dos
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Rocha, Roberta de Moraes
Keywords: Matching Superior-Superior;Economias de Aglomeração;Habilidades não-observadas;Atributos regionais;Prêmio Salarial Urbano
Issue Date: 31-Oct-2019
Abstract: O objetivo desta tese é analisar a relação entre aglomeração e o matching de emprego no Brasil, com foco em trabalhadores de nível superior, nos arranjos populacionais brasileiros. Dados do mercado de trabalho apontam para efeitos de composição produtiva atuando sobre a estrutura das correspondências do emprego superior no Brasil. Os estudos em Economia do Trabalho, por sua vez, têm registrado influência positiva, ainda que moderada, da aglomeração sobre o matching. Por outro lado, evidências empíricas têm demonstrado que atributos individuais e espaciais não-observados influenciam significativamente os resultados do mercado de trabalho. Essa tese, nesse contexto, avança também no sentido de captar a influência da concentração de habilidades individuais inatas e de características regionais não-observadas sobre o matching de indivíduos qualificados. A abordagem adotada é de matching vertical, pela qual é comparado o maior nível de instrução do trabalhador com os requisitos médios de educação formal da ocupação correspondente. A partir de um grande painel de dados proveniente da RAIS-MTE, cobrindo o período de 2006 a 2014, o estudo utiliza de modelos de probabilidade linear com múltiplos efeitos fixos, a fim de controlar a influência de características não-observadas de trabalhadores e regiões sobre o matching de emprego-qualificação para indivíduos de nível superior. A estratégia de identificação propõe, além do controle por efeitos fixos, o uso de variável instrumental para identificar os efeitos da aglomeração. O estudo ainda avalia até que ponto a melhor correspondência entre os trabalhadores com formação superior aumenta os salários em nível individual e, assim, contribui para o prêmio salarial urbano. Os resultados sugerem que mercados mais densos potencializam melhores pares trabalhador-emprego, porém reforçam que os efeitos da densidade urbana sobre o matching tendem a uma sobrestimação, caso não sejam controlados o sorting de habilidades e os atributos regionais não-observados. As estimações com variável instrumental corroboraram que a relação endógena entre matching e densidade urbana derivam fundamentalmente do viés de omissão das habilidades. Assim, concluiu-se que a maior probabilidade de match nos grandes centros urbanos está, na verdade, associada ao fato de que ambientes que concentram trabalhadores mais habilidosos devem se especializar em atividades econômicas mais habilidosas, gerando postos de trabalho mais complexos. Por fim, os resultados para as equações de salários demonstraram que indivíduos com melhores correspondências de qualificação e ocupação experimentam ganhos salariais mais elevados. O mesmo se verificou para os trabalhadores de áreas de mercado de trabalho mais densas. As comparações entre os distintos modelos atestaram, no entanto, que a influência da densidade urbana sobre os salários não é direcionada pelo melhor matching de habilidades em ambientes mais aglomerados.
The objective of this thesis is to identify the relationship between agglomeration and job matching in Brazil, focusing on higher level workers in the Brazilian population arrangements. Labor market data point to the effects of productive composition acting on the structure of higher employment correspondence in Brazil. The studies in Labor Economics, in turn, have registered positive, albeit moderate, influence of agglomeration on matching. On the other hand, empirical evidence has shown that unobserved individual and spatial attributes significantly influence the labor market outcomes. This thesis, in this context, also advances to capture the influence of the concentration of unobserved individual skills and unobserved regional characteristics on the matching of qualified individuals. The approach adopted is vertical matching, whereby the higher education level of the worker is compared with the average formal education requirements of the corresponding occupation. From a large panel of data from RAIS-MTE covering the period 2006-2014, the study uses linear probability models with multiple fixed effects to control the influence of unobserved worker and region characteristics. on job-qualification matching for higher skilled individuals. The identification strategy proposes, in addition to fixed effects control, the use of an instrumental variable to identify the effects of agglomeration. The study also assesses the extent to which better matching among higher educated workers increases individual-level wages and thus contributes to the urban wage premium. The results suggest that denser markets enhance better worker-employment pairs, but reinforce that the effects of urban density on matching tend to be overestimated if skill sorting and unobserved regional attributes are not controlled. Estimates with instrumental variable corroborated that the endogenous relationship between matching and urban density derives fundamentally from the omission bias of skills. Thus, it was concluded that the greater likelihood of match in large urban centers is, in fact, associated with the fact that environments that concentrate more skilled workers should specialize in more skilled economic activities, generating more complex jobs. Finally, the results for the wage equations showed that individuals with better qualification and occupation matches experience higher wage gains. The same was true for workers in denser labor market areas. Comparisons between the different models, however, attested that the influence of urban density on wages is not driven by better skills matching in most agglomerated environments.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30866
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGECO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
MATCHING NO MERCADO DE TRABALHO TESE VERSÃO FINAL CORRIGIDA.pdf2.59 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA