DSpace

RI UFBA >
Escola de Dança >
Programa de Pós-Graduação em Dança (PPGDANCA) >
Dissertações de Mestrado (PPGDANCA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30728

Title: Dramaturgia compartilhada: lideranças móveis como procedimento em processos de criação em dança contemporânea
Authors: Costa, Liana
???metadata.dc.contributor.advisor???: Setenta, Jussara
Keywords: Dança;Processos de criação;Produção de subjetividades;Processos de singularização;Dramaturgia em processo,;Multiplicidade na dança
Issue Date: 10-Oct-2019
Abstract: Esse estudo surge com o interesse de refletir sobre o fazer coletivo em processos de criação na dança contemporânea. Para isso investigou-se o procedimento de lideranças móveis que prevê o revezamento entre os propositores dos laboratórios de corpo e movimento, em busca da organização de uma dramaturgia – que se propõe a criar algum sentido de integridade – feita de forma compartilhada entre os dançarinos-criadores. Apresento experiências práticas de dois agrupamentos artísticos de Recife, em diálogo com conceitos de alguns autores da área da filosofia e da dança, fazendo uma ponte da prática com teorias contemporâneas sobre processos de criação, modos de organização, produção de subjetividades e dramaturgia na dança. Nas ideias de Sueli Rolnik (2006, 2013, 2015 e 2018), Felix Guattari (1995 e 2013) e Gilles Deleuze(1995), esse estudo compreende a subjetividade como campo importante para se discutir experiências dos sujeitos de maneira não individualista e privada, mas como uma possibilidade de pensá-la como processos de singularização numa reconfiguração constante a partir dos vetores e contextos que as atravessam. Ou seja, a organização da subjetividade como algo coletivo, público. A pesquisa traz reflexões de Marianne Kerkhoven(2016), Ana Pais (2010) e André Lepecki (2010 e 2016) investindo numa discussão contemporânea de construção da dramaturgia em processo, que se configura no curso do próprio fazer, se alinhando com questões da performatividade na dança (Setenta, 2008). Lepecki (2010) complexifica essa discussão de dramaturgia abrindo a possibilidade para uma autonomia da obra, como sendo ela norteadora das escolhas dramatúrgicas. Ao debater sobre práticas compartilhadas para criação dramatúrgica, num entendimento de subjetividades como produção coletiva, a dissertação traz uma contribuição para o campo da dança valorizando espaços para a multiplicidade, para a descolonização de saberes e para um pensamento de fronteira (Mignolo,2008).
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30728
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGDANCA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTACAO_LIANA_GESTEIRA COSTA FINAL Pós Defesa_.pdf1.04 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA