DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pós-Graduação em Filosofia (PPGF) >
Teses de Doutorado (PPGF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30649

Title: Aspectos transcendentais na noção de verdade em torno de Ser e tempo.
Authors: Silva, Diogo Campos da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Ferreira, Acylene Maria Cabral
Keywords: Verdade;Transcendental;Projeto-de-ser matemático;Evidência;Nous;Abertura
Issue Date: 16-Sep-2019
Abstract: Seguindo Heidegger, defendemos que o pensamento metafísico pode ser dito transcendental quando a) compreende o ser como a priori; b) enquanto condição de possibilidade; c) como transcendente em relação aos entes e nossos tratos com eles; e d) quando tal compreensão do ser tende à autofundamentação, a qual ocorre sempre vinculada à determinada concepção do que seja o homem. Nossas hipóteses principais neste trabalho são as seguintes: i) que ao voltar-se para a teoria husserliana da verdade como identidade vivida e percebida no ato de evidência e para o pensamento aristotélico sobre a verdade noética, Heidegger encontrou características transcendentais que influenciaram seu pensamento sobre a verdade como abertura durante a década de 1920; ii) que o modo heideggeriano de colocar e tratar o tema da verdade nessa primeira fase foi comprometido pelas quatro características do projeto-de-ser matemático mencionadas anteriormente. Concluímos apontando o caminho pelo qual, a partir da década de 1930, Heidegger procurou ultrapassar a perspectiva transcendental que caracterizou sua primeira noção de verdade.
By following the tracks left by Heidegger, we argue that metaphysical thought should be considered transcendental when: a) it understands the being as a priori; b) as condition of possibility; c) as transcendental regarding the entities and the way we deal with them; and d) when such understanding of being tends to self-foundation, which always takes place associated with a certain conception of men. Thus, the main hypotheses of this dissertation are, namely: i) Heidegger focused on Husserlian theory of truth – which take that into account as experienced and noticed identity in the act of evidence – and on Aristotelian thought regarding noetic truth, thus finding transcendental features which influenced his thinking about the truth as disclosure during the 1920s; ii) the way Heidegger exposed and dealt with truth in the first stage of his philosophy was affected by the four features of the mathematical project-of-being mentioned above. We conclude this dissertation by showing the paths pursued by Heidegger since the 1930s in order to overcome the transcendental perspective which distinguished his first notion of truth.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30649
ISSN: Tese
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Aspectos transcendentais na noção de verdade em torno de Ser e Tempo - Tese de Diogo Campos da Silva (versão online com ata).pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA