DSpace

RI UFBA >
Escola de Teatro >
Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) >
Teses de Doutorado (PPGAC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30514

Title: O roleplaying game como meio de escrita dramtúrgica
Authors: Dadico Sobrinho, João Marcos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Leão, Raimundo Matos de
Keywords: Roleplaying Game;Dramaturgia;Processos de Criação
Issue Date: 3-Sep-2019
Abstract: Esta experiência de produção artística coletiva pesquisou as possibilidades de apropriação do tabletop Roleplaying Game (RPG, Jogo de Interpretação de Papéis de mesa) para uma poética dramatúrgica espetacular. Como parte de uma pesquisa-ação, 05 (cinco) participantes, após 08 (oito) sessões de RPG de mesa, se colocaram em situação de escrita de um texto para teatro. A maneira encontrada pelos participantes para realizar a escrita dramatúrgica coletiva foi a transcrição de diálogos oriundos de processos semelhantes aos dos jogos dramáticos e aos dos jogos de improvisação para o teatro, inclusive aqueles associados ao process drama. A leitura de alguns teóricos, tais como André Sarturi, Beatriz Ângela Cabral, Catarina Sant’Anna, Cleise Furtado Mendes, Jean-Pierre Ryngaert, Jean-Pierre Sarrazac, Johan Huizinga, Luigi Pareyson, Martin Esslin, Patrice Pavis, Rafael Bienia e Roger Caillois, orientou uma análise qualitativa da experiência desenvolvida e do texto dramático e uma possível identificação das similaridades entre o RPG de mesa e o drama, e consequentemente a sua capacidade de apropriação para os contextos poéticos da cena. O registro dessa experiência pôde determinar algumas referências para sua aplicabilidade nesses tipos de processos e também revelar alguns limites de apropriação desse tipo de jogo em processos de criação dramatúrgica.
This experience of collective artistic production researched the possibilities of appropriation of the tabletop Roleplaying Game (RPG) for a spectacular/dramaturgical poetic. As part of an action research, 05 (five) participants, after 08 (eight) tabletop RPG sessions, were put themselves in a theater play writing situation. The way the participants found to perform this dramaturgical collective writing was the transcription of dialogues originated from a similar process to those of dramatic and theater improvisation plays, including those associated with the process drama. The reading of some theorists, such as André Sarturi, , Beatriz Ângela Cabral, Catarina Sant’Anna, Cleise Furtado Mendes Jean-Pierre Ryngaert, Jean-Pierre Sarrazac, Johan Huizinga, Luigi Pareyson, Martin Esslin, Patrice Pavis, Rafael Bienia, and Roger Caillois, guided a qualitative analysis of the developed experience, and of the developed dramatic text, besides the possible identification of the similarities between the tabletop RPG and the drama, consequently their appropriateness to the scene's poetic contexts. The record of this experience could determine some references to its applicability in these types of processes and also reveal some limits of appropriation of this game type in dramaturgical creative processes.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30514
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGAC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
O roleplaying game como meio de escrita dramatúrgica.pdf2.46 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA