DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (PPGEFHC) >
Teses de Doutorado (PPGEFHC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29824

Title: Processos de produção de materiais curriculares educativos em uma comunidade profissional de professores que ensinam matemáticas
Authors: Prado, Airam da Silva
???metadata.dc.contributor.advisor???: Oliveira, Andréia Maria Pereira de
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Barbosa, Jonei Cerqueira
Keywords: Materiais Curriculares Educativos;Jogos de Linguagem;Conceitos matemáticos;Desobjetificação;Recontextualização
Issue Date: 11-Jun-2019
Abstract: A presente pesquisa tem como tema geral os processos de produção de materiais curriculares educativos em uma comunidade profissional de professores que ensinam matemáticas. Desta experiência, participaram pesquisadores e/ou formadores, professores que ensinam matemáticas e, futuros professores, os quais se reuniam, periodicamente, a fim de elaborar materiais curriculares educativos sobre matemática cuja finalidade é o apoio a aprendizagem de professores. Três objetivos orientaram o decurso da pesquisa: Identificar e descrever como realizações de conceitos matemáticos são recontextualizados por uma comunidade de professores que ensinam matemáticas; Analisar como os processos de recontextualização de textos da forma de vida escolar reorganizam jogos de linguagem da matemática escolar em um material curricular educativo; Descrever e caracterizar uma estratégia de desenvolvimento de materiais curriculares educativos como um processo de desobjetificação de conceitos matemáticos. Na trilha destes objetivos, a presente pesquisa segue uma abordagem qualitativa, cujos dados foram produzidos por meio de observações e documentos. Identificamos e analisamos, inspirados nas noções Wittgensteinianas de jogos de linguagem, regras e formas de vida, assim como na noção de recontextualização pedagógica de Basil Bernstein e desobjetificação de Anne Sfard, as comunicações de professores que ensinam matemáticas, quando estes participaram de discussões com vistas a construir um material curricular educativo para o ensino de conceitos matemáticos. Os resultados apontam que as etapas de desenvolvimento deste material podem ser descritas por quatro processos inter-relacionados: recontextualização, recontextualização reversa, desobjetificação em realizações no contexto e desobjetificação em realizações possíveis. Por meio dos processos de recontextualização e recontextualização reversa, descrevemos como os professores deslocaram textos das ‘formas de vida’ acadêmicas e escolares para o contexto de produção de MCE. Esse movimento de textos promoveu variações no conjunto de regras que regulam os jogos de linguagem da matemática escolar expressa pelos MCE, sustentando relações específicas de poder e controle sobre os usos da linguagem no material produzido. No terceiro e quarto processos, descrevemos como professores estabeleceram associações entre usos de conceitos em diferentes jogos de linguagem e rotinas habituais nas ‘formas de vida’ escolares a fim de delinear as características educativas dos MCE. Na desobjetificação em realizações possíveis, descrevemos como professores associaram realizações movidas das formas de vida acadêmica aos usos e hábitos estabelecidos na literatura como próprios das ‘formas de vida’ escolares. Na desobjetificação em realizações no contexto, os professores associaram os usos de palavras e símbolos por estudantes específicos em contextos particulares às rotinas nas quais os estudantes poderão produzir narrativas matemáticas apoiados pelo MCE. Como implicação, sugerimos que a descrição de tais processos desloca a atenção do campo de produção de MCE para a participação de professores em diferentes ‘formas de vida’ como um referente para o desenvolvimento de MCE, superando uma tendência dos desenvolvedores de MCE em estabelecer as características educativas a partir de categorias teóricas advindas das teorias do conhecimento. Por fim, apontamos ainda que tal descrição possibilita maior visibilidade dos pesquisadores e professores às comunicações em sala de aula como estruturante das características educativas nos textos dos MCE, constituindo-se, também, como uma metodologia viável para o desenvolvimento deste tipo de material curricular.
The present investigation has as a general theme the processes of production of educative curricullum materials in a professional community of professors who teach mathematics. Participated from this experience, researchers and/or trainers, professors who teach mathematics and future teachers, who met periodically in order to elaborate educative curricullum materials on mathematics whose purpose was to support learning of teachers. Three objectives guided the course of the investigation: Identify and describe how mathematicals concept realizations are recontextualized by a community of teachers who teach mathematics; To analyze how the processes of recontextualization of texts of the schools “forms of life” reorganize language games of school mathematics in an educative curricullum material; Describe and characterize a strategy for the development of educative curricullum materials as a process of desobjetification of mathematical concepts. In the way of these objectives, the present research follows a qualitative approach, whose data were produced through observations and documents. We identified and analyze, inspired by the Wittgensteinian notions of language games, rules and forms of life, as well as in the notion of pedagogical recontextualization of Basil Bernstein and the desobjetication of Anne Sfard, the communications of professors who teach mathematics, when they participated in discussions with a view to constructing an educativel curricullum material for the teaching of mathematical concepts. The results suggest that the stages of development of this material can be described by four interrelated processes: recontextualization, reverse recontextualization, desobjetification in realizations in the context and desobjetification in achievements possible. Through the processes of recontextualization and reverse recontextualization, we describe how teachers displaced texts from academic and school forms of life for the context of MCE production. This movement of texts promoted variations in the set of rules that regulate the language games of school mathematics expressed by the MCE, maintaining specific power and control relationsover the uses of language in the material produced. In the third and fourth processes, we describe how teachers established associations between uses of concepts in different language games and routines that are common in school forms of life in order to delineate the educational characteristics of MCE. In the desobjetification in realizations possible, we describe how teachers associated moved realizations of academic forms of life with the uses and habits established in literature as typical of school forms of life. In the desobjetification in achievement in the context, teachers associate the use of words and symbols by specific students, in particular contexts, with the routines in which students perform to produce mathematical narratives. As implication, we suggest that the description of such processes shifts the attention of the MCE production field to the participation of professors in different forms of life as a reference for the development of MCE, overcoming a tendency of the MCE developers to establish the educative characteristics from theoretical categories derived from the theories of knowledge. Finally, we point out that such a description allows greater visibility of researchers and professors to communications in the classroom as a structuring of the educative characteristics in the texts of the MCE, constituting also a viable methodology for the development of this type of curricular material.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29824
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGEFHC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE FINAL_REPOSITÓRIO.pdf915.78 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA