DSpace

RI UFBA >
Escola de Administração >
Núcleo de Pós-Graduação em Administração (NPGA) >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (NPGA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29440

Title: O gestor e os desafios culturais regionais
Authors: Oliveira, Julia Rodrigues Nobre de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Fischer, Tânia Maria Diederichs
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Davel, Eduardo
Keywords: Cultura;Cultura nacional;Cultura regional;Interculturalidade;Geração Y;Discurso do sujeito coletivo
Issue Date: 6-May-2019
Abstract: O destaque para os desafios culturais regionais traz o reconhecimento de que estudos neste âmbito se constituem em alternativas afim de contribuir para resultados melhores para as organizações e, em última instância, para a economia do Brasil, tão diverso culturalmente. Neste sentido, o presente estudo serve como instrumento de trabalho para dar continuidade a pesquisas sobre as diferenças regionais e locais encontradas no Brasil e seus consequentes desafios organizacionais, acrescentando o ponto de vista de gestores pertencentes à chamada Geração Y. A escolha por gestores membros da chamada Geração Y para investigar a temática da gestão intercultural deve-se ao fato de que estes gestores nasceram juntamente com os estudos da interculturalidade. Os gestores da Geração Y, portanto, nasceram e cresceram dentro deste cenário intercultural. Foram considerados os resultados das entrevistas com oito gestores e a análise dos dados foi feita qualitativamente segundo a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) e com o auxílio do software QUALIQUANTISOFT. As conclusões aqui apresentadas não buscam dar conta de toda essa realidade complexa e heterogênea. Ao contrário, acredita-se que, justamente por causa desta rica diversidade, devemos observá-la sob diversos olhares.
The emphasis on the regional cultural challenges brings recognition that studies in this field constitute alternatives in order to contribute to better outcomes for organizations and, ultimately, for the economy of Brazil, so culturally diverse. In this sense, this study serves as a working tool to continue the research on the regional and local differences found in Brazil and its consequent organizational challenges, adding the views of managers belonging to the so-called Generation Y. The choice of managers members of the Generation Y to investigate the theme of intercultural management is due to the fact that these managers were born along with the studies of interculturalism. Thus, managers of the Generation Y were born and raised within this intercultural scenario. We considered the results of interviews with eight managers, which were qualitatively analyzed according to the technique of the Collective Subject Discourse (CSD) and with the aid of software QUALIQUANTISOFT. The findings presented here do not seek to account for this complex and heterogeneous reality. Rather, it is believed that, precisely because of this rich diversity, we should observe it under various looks.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29440
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (NPGA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Julia Oliveira.pdf834.5 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA