DSpace

RI UFBA >
Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS) >
Programa de Residência Multiprofissional em Urgência (PRMU - IMS) >
Especialização (PRMU - IMS) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28982

Title: Itinerário terapêutico de pacientes internados por tentativa de suicídio em um Hospital Geral.
Authors: Cruz, Carolina Alves
???metadata.dc.contributor.advisor???: Gomes, Daniela Rodrigues Goulart
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Castelo Branco, Andrea Batista de Andrade
Keywords: Itinerário terapêutico;Tentativa de suicídio;Psicologia Hospitalar
Issue Date: 25-Mar-2019
Abstract: O presente estudo trata-se de uma pesquisa qualitativa exploratória do tipo estudo de caso, que propõe conhecer e intervir no itinerário terapêutico de pacientes internados por tentativa de suicídio, no Hospital Geral de Vitória da Conquista. A pesquisa trabalhou por saturação teórica com seis participantes, na faixa etária entre 19 e 58 anos, dos quais, cinco foram do sexo feminino e um do sexo masculino. A coleta de dados ocorreu mediante três instrumentos: observação participante, escuta clínica e análise documental (via prontuários). Os dados revelaram a proeminência de quatro categorias, que foram apuradas segundo o método de análise de conteúdo. Após análise, observou-se que o itinerário terapêutico é transversalizado pelo acesso a dispositivos tanto formais quanto informais, pelo sofrimento psíquico decorrente da e na busca pelo cuidado e pelo itinerário terapêutico que o sujeito faz dentro da própria instituição acolhedora. Tais fatores, resultam, por sua vez, em desfechos singulares de novas intenções de busca por cuidado pós internação. Assim, tornam-se relevantes tanto a intervenção precoce após uma tentativa de suicídio como os cuidados dispensados durante a internação, pois disto resultarão o desfecho e o encaminhamento pós alta, reafirmando a articulação intersetorial e a garantia de continuidade como elementos-chave do projeto terapêutico. A compreensão deste percurso realizado pelo paciente permite evidenciar as potencialidades e os desafios que atravessam o processo de cuidado. Em linhas gerais, a pesquisa aponta uma fragmentação do processo de construção do itinerário terapêutico, seja na ausência de acesso a dispositivos formais de cuidado, seja na descontinuação de projetos terapêutico já iniciados ou mesmo em falhas do sistema relacionadas a encaminhamentos inadequados. Vale ressaltar, portanto, a necessidade de implementar estratégias de reconhecimento da problemática e a preconização da educação em saúde, bem como o fortalecimento de ações articuladas nos diferentes níveis de atenção à saúde.
ABSTRACT The present study is an exploratory qualitative research of the case study type, which proposes to know and intervene in the therapeutic itinerary of patients hospitalized for attempted suicide at the Hospital Geral de Vitória da Conquista. The research worked on theoretical saturation with six participants, in the age group between 19 and 58 years, of which, five were female and one male. Data collection took place through three instruments: participant observation, clinical listening and documentary analysis (via medical records). The data revealed the prominence of four categories, which were determined according to the content analysis method. After analysis, it was observed that the therapeutic itinerary is mainstreamed by access to both formal and informal devices, by the psychic suffering resulting from and in the search for care and the therapeutic itinerary that the subject does within the welcoming institution itself. These factors, in turn, result in unique outcomes of new search intentions for post-hospitalization care. Thus, both early intervention after an attempted suicide and the care provided during hospitalization become relevant, as this will result in post-discharge and referral, reaffirming intersectoral articulation and ensuring continuity as key elements of the therapeutic project . The understanding of this pathway performed by the patient allows to highlight the potentialities and challenges that cross the care process. In general, the research indicates a fragmentation of the process of construction of the therapeutic itinerary, either in the absence of access to formal care devices, or in the discontinuation of therapeutic projects already initiated or even in system failures related to inappropriate referrals. It is worth emphasizing, therefore, the need to implement strategies for recognition of the problem and the recommendation of health education, as well as the strengthening of articulated actions in the different levels of health care. Keywords: Therapeutic Itinerary. Suicide attempt. Hospital psychology.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28982
ISSN: TCC
Appears in Collections:Especialização (PRMU - IMS)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Carolina Alves Cruz- TCR.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA