DSpace

RI UFBA >
Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS) >
Colegiados de graduação >
Ciências Biológicas (CI_BIO_IMS) >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (CI_BIO_IMS) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28298

Title: Paleoecologia isotópica, aspectos tafonômicos e distribuição potencial de uma assembleia fossilífera de mamíferos do Nordeste do Brasil
Authors: Leoni, Ronaldo Araujo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Silva, Laís Alves
Keywords: Paleoecologia;Tafonomia;Taxonomia;Modelagem
Issue Date: 3-Jan-2019
Abstract: O presente trabalho apresenta a identificação taxonômica e estudo paleoecológico de cinco taxa pertencentes aos gêneros: Alouatta, Myocastor, Tamandua, Pecari e Tapirus, encontrados na gruta Lapa do Bode, Ituaçu-BA. Os táxons foram identificados com fórmula dentária, características morfometrias e morfológicas. Devido a possibilidade de alta mistura temporal, os fósseis podem não representar uma única paleocomunidade. A Paleoecologia foi observada sob os aspectos isotópicos, tafonômicos e da modelagem. Foram feitos cálculos para determinar a proporção da dieta, largura de nicho, sobreposição de nicho, densidade, competição intraespecífica e interespecífica. Os modelos de distribuição potencial foram gerados para três períodos (Modelo Atual, Holoceno e Último Máximo Glacial). Através da analise tafonomica foram observados feições de fragmentação, abrasão, articulação e sinais de predação. A interpretação da análise isotópica mostrou que esses indivíduos viviam em um ambiente florestal com dieta mista e a sobreposição corrobora com a proporção dos recursos alimentares consumidos pelas espécies, indicando que viviam no mesmo ambiente. Por outro lado, a competição interespecífica mostrou valores baixos e a densidade baixa encontrada explica a competição. A tafonomia mostrou que os remanescentes sofreram pouco intemperismo, eles foram encontrados associados e dispersos. Esses dados, associados com as informações de abrasão e as classes ósseas indicam que os remanescentes não sofreram transporte. Também foram encontradas marcas de predação, indicando a ação de necrófragos. A modelagem mostrou que esses taxa se distribuíam no Sul e Centro-oeste do Brasil durante todos os períodos. Outros estudos mostraram para os mesmos períodos que a vegetação se distribuía por essa região, mostrando que a presença desses taxa poderiam acompanhar a vegetação. Analisar a biodiversidade encontrada nessa caverna permitiu entender em quais condições ambientais esses organismos viveram, revelando informações importantes para a História Natural dos táxons.
The present work presents the taxonomic identification and paleoecologic study of five taxa belonging to genera: Alouatta, Myocastor, Tamandua, Pecari and Tapirus, found in the cave Lapa do Bode, Ituaçu-BA. The taxa were identified with dental formula, morphometrical and morphological characteristics. Given the possibility of high temporal mixing, the fossils may not represent a single paleocommunity. Paleoecology was observed under the isotopic, taphonomic and modeling aspects. Calculations were made to determine proportion ratio, niche width, niche overlap, density, intraspecific and interspecific competitions. Potential distribution models were generated for three periods (Current Model, Holocene, Last Glacial Maximum). Through taphonomic analysis were observed features of fragmentation, abrasion, articulation and signs of predation. The interpretation of the isotopic analysis showed that these individuals lived in a forest environment with mixed diet and the overlap corroborates with the proportion of food resources consumed by the species, indicating that they lived in the same environment. On the other hand, the interspecific competition showed low values and the low density found explains the competition. The taphonomy showed that the remnants suffered little weathering, they were found associated and scattered. These data associated with abrasion information and bony classes indicate that the remnants were not transported. Predation marks were also found, indicating necrophagous action. The modeling showed that these taxa were distributed in the South and Midwest of Brazil during all periods. Other studies showed for the same periods that the vegetation was distributed in this region, showing that the presence of these taxa could accompany the vegetation. Analyzing the biodiversity found in this cave allowed us to understand in what environmental conditions these organisms lived, revealing important information for the Natural History of the taxa.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28298
ISSN: TCC
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (CI_BIO_IMS)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TCC Ronaldo .docx1.42 MBMicrosoft Word XMLView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA