DSpace

RI UFBA >
Escola de Dança >
Programa de Pós-Graduação em Dança (PPGDANCA) >
Dissertações de Mestrado (PPGDANCA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27529

Title: A subversão da sujeição: a ação política da dança do ventre em adolescentes sujeitadas e em instituições
Authors: Mignac, Márcia Virgínia dos Reis
???metadata.dc.contributor.advisor???: Setenta, Jussara Sobreira
Keywords: Dança do ventre;Corpo;Adolescência;Sujeição;Belly dance;Body;Adolescence;Subjection
Issue Date: 26-Sep-2018
Abstract: Esta dissertação apresenta a dança do ventre como uma ação política trabalhada em três eixos: corpos-sujeitos, corpos-instituições e na oficialização da dança nos espaços institucionais. Para tanto, defende a hipótese de que a dança do ventre é uma ação subvertedora e propositora de reorganizações corporais, uma vez que atua no mesmo ambiente de ocorrência da sujeição. Para entender o corpo que dança na situação do abuso sexual, o estudo apresenta a implementação da dança do ventre em instituições especializadas da cidade de Salvador-Ba. O objetivo é analisar criticamente os encaminhamentos de dança desenvolvidos nessas instituições, de forma experimental, nos anos 2004 e 2005. Para isso, através de leituras e análises sistemáticas, foi selecionado um recorte teórico concernente às relações estabelecidas entre dança, dança do ventre, corpo, poder e sujeição. Destacam-se autores como Katz e Greiner, Lakoff & Jonhson em diálogo com as obras de Foucault, e autores das ciências políticas como Pélbart, Butler e Agamben. A abordagem metodológica se dá via procedimentos e etapas de investigação, através da aplicação de entrevistas semi-estruturadas; da análise dos dados coletados nas experiências corporais; da análise crítica dos experimentos propostos e da articulação com as instituições receptoras. Desse empreendimento, a dissertação propõe-se ainda a discutir o lugar do corpo e do corpo que dança em espaços institucionais que adotam procedimentos da natureza no trabalho com adolescentes sujeitadas pelo abuso sexual. A observação das relações e implicações filosóficas-políticas dos corpos-sujeitos e dos corpos-instituições envolvidos na discussão do abuso sexual serve ao propósito de indicar possíveis devoluções às instituições, entendidas na etapa final do estudo como proposições, ao invés de conclusões finais. O estudo prestou-se ainda à tarefa de propor a oficialização da dança no protocolo de serviços das instituições analisadas.
This dissertation presents belly dance as a political action, worked in three areas: body-fellows, body-institutions and officialize dance in institutional spaces. To do so, it defends the hypothesis that belly dance is a subversive and deliberated action of corporal reorganization, because it acts in the same environment where the subjection occurs. In order to understand the body that dances in a context of sexual abuse, the research presents the study of the establishment of belly dance in specialized institutions in Salvador – Bahia. Its aim is to analyze critically the course of developed dances in those institutions in an experimental way through years of 2004 e 2005. To this, through readings and systematic analyses, a theoretical border was selected, linked to the relations established between dance, belly dance, body, power and subjection. Authors like Kaltz and Greiner, Lakoff and Johnson were highlighted in a dialog with Foucault’s works and authors from political science, like Pelbart, Butler and Agamben. The methodological approach is made through procedures and investigation steps, in the application of semi-structured interviews; in data’s analyses collected in corporal experiences, in the critical analysis of the proposed experiments and the articulations with these receptive institutions. More, this dissertation proposes to discuss the place of the body and the body that dances in institutional spaces that adopt such procedures in their labor with subjected teenagers by sexual abuse. The observation of the relations and philosophical and political implications of the body-fellows and body-institutions involved in the discussion of sexual abuse are important to indicate return to those institutions, understood in the final phase of this study as propositions, in opposition to final conclusions. The research proposed, also, the duty of suggesting to officialize the dance in the protocol of services offered in the analyzed institutions.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27529
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGDANCA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_MARCIA_MIGNAC.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA