DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística (PPGLL até 2010) >
Dissertações de Mestrado (PPGLL) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27339

Title: Desenvolvimento lexical inicial dos 8 aos 16 meses de idade a partir do inventário MacArthur de desenvolvimento comunicativo – protocolo palavras e gestos
Authors: Silva, Cláudia Tereza Sobrinho da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Teixeira, Elizabeth Reis
Keywords: Aquisição de linguagem;Crianças - Linguagem;Língua portuguesa - Aquisição;Desenvolvimento Lexical;Psicolingüistíca;Inventário MacArthur;Language Acquisition;Lexical Development;First Words;The MacArthur Inventory
Issue Date: 13-Sep-2018
Abstract: O desenvolvimento lexical inicial de crianças entre 8 e 16 meses de idade adquirindo o português brasileiro é um assunto pouco explorado pela literatura. Adotando como instrumento de coleta o protocolo “Palavras e Gestos” dos Inventários MacArthur de Desenvolvimento Comunicativo – elaborado em língua inglesa e já adaptado e normatizado para diversos idiomas – que se refere à medição da compreensão e da produção lexical e ao uso de gestos comunicativos de crianças desta faixa etária, e adotando também a sua metodologia, baseada no relato parental, o presente trabalho tem como objetivos: fornecer informações a respeito dos padrões de compreensão e de produção lexical, a partir das informações que podem ser obtidas com o protocolo, no intuito de fornecer uma visão do desenvolvimento lexical dos 8 aos 16 meses de idade; adaptar o protocolo para o português brasileiro a fim de torná-lo eficaz e válido também para o português; e investigar a eficácia do Inventário enquanto instrumento de pesquisa elaborado para este fim. Para a composição do corpus, 27 pais, pertencentes à classe sócio-escolar A ou B, de crianças nesta faixa etária, foram entrevistados. Os dados obtidos permitiram chegar às seguintes conclusões: existe uma asssimetria entre a quantidade de itens lexicais comprendidos e a quantidade de itens produzidos; no nível da compreensão, o grupo dos “Nomes Comuns” predomina em todas as faixas etárias, seguido do grupo dos “Predicados”; na produção, as categorias “Sons de Coisas e de Aninais”, “Pessoas”, “Objetos e Lugares fora da casa” e “Jogos e Rotinas” dominam até o primeiro ano de vida, sendo que, a partir daí, outras categorias semânticas como “Comidas e Bebidas”, “Palavras de Ação”, “Partes do Corpo”, “Animais” e “Utensílios da Casa” começam a aparecer em maior número. Algumas informações importantes e necessárias para uma análise desta fase inicial como contextos e freqüência de uso e forma fonética não são fornecidas devido a limitações do próprio intrumento. Em linhas gerais, as informações oriundas desta coleta corroboram estudos já realizados, em outras línguas, a respeito dessa fase inicial de aquisição, embora os dados obtidos com o protocolo sejam considerados elevados em comparação com os dados de outros estudos longitudinais e de diário.
The early lexical development of children between 8 to 16 months acquiring the brazilian portuguese is a poorly explored topic in the avaiable literature. Adopting as a data-gathering model the “Words and Gestures” protocol of the MacArthur Communicative Development Inventories – developed for the English language but alredy widely adapted and normalized for use with various languages – wich aims to measure the comprehension, lexical production and the use of communicative gestures by children in this age range, and adopting as well the metodology, based in parental report, this dissertation hopes to achieve the following objectives: to provide further data regarding the patterns of comprehension and production in the lexical development, within the limits of the protocol, with the goal of developing a vision of the lexical development of children fron 8 to 16 months; to adapt the protocol validly and effectively for use with brazilian portuguese; and to investigate the effectiveness of the Inventory as an instrument to achieve these goals. The body of data was composed by interviews with 27 parents of children in this age range, either from socio-educational class A or B. the data obtained suggest the following conclusions: that the comprehension of lexical items occurs asymmetrically with regards to production; that at the level of comprehension, the group “Common Nouns” predominates at all ages, followed by the group of “Predicatives”; that in production the categories “Sounds of Things and Animals”, “People”, “Object and Places outside ”, and “Games and Routines” predominate up to one year of age, but after that other semantic categories such as “Foods and Drinks”, “Action Words”, “Parts of the Body”, “Animals”, and “Household Items” begin to appear with greater frequency. Some important and necessary information for an in depth analysis at this initial state, such as the contexts and frequencies of use and the phonetic forms utilized are not supplied due to the limitations of the model for data collection employed. Generally, the data from this study corroborate previous research performed in other languages regarding this initial satge of language acquisition, although the data obtained with the protocol may be considered high in comparison with data provided by other studies.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27339
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGLL)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
O DESENVOLVIMENTO LEXICAL INICIAL DOS 8 AOS 16 MESES DE IDADE A PARTIR DO INVENTÁRIO MACARTHUR DE DESENVOLVIMENTO COMUNICATIVO – PROTOCOLO PALAVRAS E GESTOS.pdf1.88 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA