DSpace

RI UFBA >
Escola de Teatro >
Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) >
Teses de Doutorado (PPGAC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27309

Title: Práxis cênica como articulação de visualidade: a luz na gênese do espetáculo
Authors: Tudella, Eduardo Augusto da Silva
???metadata.dc.contributor.advisor???: Hackler, Ewald
Keywords: Iluminação de cena;Luz;Visualização;Imagem;Theatre lighting design;Lighting;Visuality;Image
Issue Date: 11-Sep-2018
Abstract: O objetivo desta tese é investigar a práxis cênica como problema estético-visual, cuja origem se encontra, não apenas nas primeiras teorizações do teatro da Grécia Clássica, mas também nos estágios iniciais do drama clássico, uma vez que ambas as abordagens observam, analisam e operam com a posição artística da luz no contexto do espetáculo teatral. A presente tese compreende a práxis cênica como uma obra compósita, cuja efetivação geralmente congrega o trabalho de muitos artistas, i. e., mesmo quando nela se observa a acentuação de um ou outro aspecto, sua natureza se afirma na interação dinâmica entre os diversos aspectos e agentes. Tais elementos interagem em movimentos irregulares, transversalmente articulados, entrelaçando-se ao longo do processo de criação. As investigações que constituíram a tese incorporam os conceitos de imagem cênica e de visualidade, aplicando a análise bibliográfico-documental como estratégia para identificar elementos instigantes para a discussão desses conceitos. A abordagem refere-se a um conjunto de documentos, desde o teatro grego clássico até a contemporaneidade, e descarta o ordenamento cronológico, pois leva em conta as específicas relações entre os textos e a problematização que guia a tese. Procurando analisar a amplitude das interações entre a luz e a cena, o presente trabalho é sustentado por duas convicções: em primeiro lugar, as contribuições da luz estão presentes em momentos muito anteriores à “montagem da luz” de um espetáculo; depois, do ponto de vista histórico, é preciso constatar a presença da luz no teatro, em momentos muito anteriores ao Renascimento italiano, no século XVI, quando apareceram os primeiros teatros cobertos que necessitavam da luz artificial para a realização de espetáculos. Com a leitura de textos e documentos do âmbito particular do tema, a tese indica futuras intervenções, tanto na abordagem teórica da cena em si, quanto no seu planejamento visual.
The aim of the dissertation is to investigate the scenic praxis as an aesthetic-visual problem, whose origin lies not only in the first theorizations of the theater of Classical Greece, but also in the early stages of classical drama, since both approaches observe, analyze and work the position of the light in the context of theatrical event. This dissertation understands scenic praxis as a composite work whose accomplishment usually gathers the work of many artists, i. e., even when it is observed the emphasizing of one or other aspect, its nature asserts itself in the dynamic interaction between the various aspects and agents. These elements interact in irregular movements, articulated in a transverse way, interweaving the process of creation. The investigations which formed the dissertation embody the concept of scenic image and “visualty” applying the bibliographic-documentary analysis as a strategy to identify provocative elements to its discussion. The approach include a set of documents from the classical Greek drama to the contemporary times, and discard the chronological order because it took into account specific relationships between the texts and the questioning that guides the thesis. Seeking to analyze the extent of the interactions between light and scene, this work is supported by two beliefs: first, the contributions of light are present in the spectacular events in much earlier times then the moment of the "lighting assembly" of a show; second, from the historical point of view, it is necessary to observe the presence of light long before the 16th century Italian Renaissance, when the need of artificial light for holding shows appeared in the first covered theaters. With the reading of texts and documents on the scope of the particular theme, the thesis indicates future interventions, both in the theoretical approach of the scene itself, and in planning for the theatre lighting design.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27309
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGAC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
PDF Final.pdf27.78 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA