DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Teses de Doutorado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27168

Title: Pirâmide da pedagogia hacker =[vivências do (in) possível]
Authors: Menezes, Karina Moreira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Pretto, Nelson De Luca
Keywords: hackerismo;hackerspaces;praticas educativas;Hackers;Makerspaces;Sociedades cooperativas;Educação;Metodologia;Tecnologia da informação
Issue Date: 30-Aug-2018
Abstract: Um espaço hacker (hackerspace) é um local físico no qual convergem pessoas interessadas em tecnologias numa perspectiva hackerista, ou seja, como potencialmente criadoras de novas realidades tendo a abertura e o compartilhamento como princípios. Ao primeiro contato, um hackerspace pode parecer um lugar no qual tudo acontece ao mesmo tempo ou então nada acontece, e apesar da atmosfera informal e caótica, os integrantes afirmam aprender muito nesses espaços, o que nos levou a colocar em foco os processos educativos que neles acontecem. Com o objetivo de analisar o fenômeno educativo em hackerspaces brasileiros para sistematizar elementos da pedagogia desses espaços, empreendeu-se uma investigação cuja a vivência no campo de pesquisa teve seu início antes de uma sistematização teórica mais profunda. Diante disso, assumindo-se a metodologia como criação dialógica com o objeto de estudo, respaldamo-nos na Teoria Fundamentada e na Pesquisa Participante, tendo como foco os processos educativos de hackerspaces brasileiros. Integrantes de vinte e dois espaços hackers contribuíram diretamente para a pesquisa através de 1) entrevistas semi-estruturadas por e-mail e/ou presenciais, 2) conversas informais e 3) um questionário online, fornecendo os construtos indicadores de que o ponto de sustentação da educação em hackerspaces é a necessidade de manutenção de sua própria existência como espaço físico, portanto, a vida NO hackerspace tal como a vida DO hackerspace são a força motriz dos seus processos educativos. Daí, emerge a tese de que a pedagogia hacker em hackerspaces é uma pedagogia de engajamento multifacetado, com quatro faces específicas e inter-relacionais: uma técnica, uma afetiva, uma ideária e uma política. Destaca-se que engajamento é tomado como decisão sobre si e ao mesmo tempo, ação sobre o outro e os quatro tipos de engajamento podem ser representados como faces pirâmide tridimensional, um tetraedro, na qual a pedagogia hacker em hackerspaces se estrutura no exercício de tornar possíveis vivências coerentes dentro de suas próprias contradições.
Abstract A hackerspace is a physical place in which converge people interested in technology in a hackertist perspective, in other words, as potentially creating new realities taking the openness and sharing as principles, upon first contact, a hackerspace can seem like a place where everything happens at the same time or then nothing happens, and despite the informal and chaotic atmosphere, members say learn a lot in these spaces, which led us to put into focus the educational processes that occur therein. With the objective of analyzing the educational phenomenon in Brazilian hackerspaces to systematize elements of pedagogy of these spaces, in addition, assuming the methodology as dialogic creation with the object of study, support methodologically in Grounded Theory and Research Participant, taking as its focus the educational processes of hackerspaces Brazilians. Members of twenty-two hacker spaces have contributed to the research through 1) semi-structured interviews by e-mail and/or courses, 2) informal conversations and 3) a questionnaire online, providing the constructs indicators that the point of sustaining the education in hackerspaces is the need to maintain their own existence as a physical space, therefore, life IN THE hackerspace as the life OF THE hackerspace are the driving force of its educational processes. Therefore, there emerges the thesis that the pedagogy hacker in hackerspaces is a pedagogy of engagement multifaceted, with four faces specific and inter-relational: a technique, an affective, a devise and a policy. It is noteworthy that, engagement is taken as a decision about themselves and at the same time, action about the other and the four faces are types of engagements that form a 3-dimensional pyramid in which the pedagogy hacker in hackerspaces is structured in the exercise of making possible the experiences that are consistent within their own contradictions.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27168
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Kamenezes_P2H_Entrega_RepositorioUFBA.pdf3.47 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA