DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Profissional (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27097

Title: A supervisão como estratégia de acompanhamento e avaliação das práticas das equipes de saúde da família
Authors: Costa, Michela Macedo Lima
???metadata.dc.contributor.advisor???: Fontoura, Marília
Keywords: Supervisão;Saúde da Família;Processo de trabalho das ESF
Issue Date: 27-Aug-2018
Abstract: Trata-se de um estudo que teve como principal objetivo descrever o processo de supervisão desenvolvido pela Coordenação da Atenção Básica em relação ao processo de trabalho das ESF. Assim, analisa a supervisão da atenção básica na percepção dos supervisores e das Equipes de Saúde da Família (ESF) em um município do Nordeste brasileiro. Como metodologia optou-se por uma abordagem qualitativa, utilizando como estratégia de investigação o estudo de caso. A supervisão, no presente trabalho, é considerada como uma importante estratégia para acompanhamento, avaliação e reorientação das práticas de trabalho em saúde das ESF. Contribui para o aprimoramento do serviço prestado, para atender as principais necessidades de saúde da população e possibilita e favorece a substituição do modelo de atenção ou a constituição de novas práticas no âmbito da atenção básica municipal. Para o alcance dos objetivos, partimos do pressuposto de que a supervisão pode constituir-se como um dos dispositivos pedagógicosgerenciais, que, através do monitoramento e apoio pedagógico à equipe, seja capaz de contribuir para a elaboração de práticas de saúde democráticas e adequadas para o atendimento às necessidades da população, com a melhoria da qualidade da assistência prestada. O procedimento utilizado para a coleta de dados foi desenvolvido em três etapas: a entrevista semi-estruturada, a técnica do grupo focal e a pesquisa documental. Foi utilizada a técnica da triangulação. Essa técnica permite a compreensão do objeto de estudo, possibilitando o cruzamento de múltiplos pontos de vista. Consideram-se a coleta de depoimentos e a promoção do debate acerca das situações monitoradas aspectos fundamentais para o pleno desenvolvimento do estudo, no qual as falas, dos supervisores e dos profissionais, são vitais para identificar a percepção destes em relação ao conceito, concepção e os elementos principais que compõem a supervisão e sua operacionalização. Os resultados demonstram que a compreensão dos atores sobre supervisão se aproxima do conceito de convisão. Verificou-se que os sujeitos consideram a supervisão importante ferramenta de gestão, mas que precisa de maior regularidade. Dentro das dificuldades da supervisão, a maioria foram relacionadas com problemas infra-estruturais ou político-gerenciais. Entretanto, foram identificados os fatores que facilitam como o planejamento, envolvimento, interação, e co-responsabilidade.Como recomendação sugere-se um acompanhamento contínuo, sistemático, dinâmico, analítico e pedagógico que facilite as mudanças, intervenções e planejamento do trabalho em saúde.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27097
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTACAO FINAL Michela Macedo Lima Costa.pdf489.44 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA