DSpace

RI UFBA >
Escola Politécnica >
Programa de Pós-Graduação em Engenharia Industrial (PEI) >
Teses de Doutorado (PEI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27081

Title: Empresas participantes do índice carbono eficiente (ICO2) - Bm&FBovespa: iniciativas empresariais em clima e retorno e sensibilidade das ações ao risco de mercado
Authors: Souza, André Luis Rocha de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Andrade, José Célio Silveira
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Gomes, Sonia
Keywords: Iniciativas Empresarias em Clima;Mudanças Climáticas;Índice Carbono Eficiente - ICO2;Carbon Disclosure;Retorno das Ações;Sensibilidade ao Risco de Mercado;Estratégias às Mudanças Climáticas
Issue Date: 27-Aug-2018
Abstract: A presente pesquisa teve por objetivo geral analisar as iniciativas evidenciadas pelas empresas da carteira teórica do Índice Carbono Eficiente - ICO2 da BM&FBOVESPA para responder ao fenômeno das mudanças climáticas e verificar a relação entre a participação das empresas no ICO2, o retorno de suas ações e a sensibilidade ao risco de mercado. Para o alcance desse objetivo, realizou-se uma pesquisa exploratória, com natureza bibliográfica e documental, a partir de uma abordagem analítica e descritiva. A estratégia metodológica empregada na pesquisa foi a de estudo qualitativo, nesta tese denominado de Estudo “A”, a partir de estudos de casos múltiplos, e de estudos quantitativos, nesta tese denominados de Estudo “B” e Estudo “C”, a partir de técnicas estatística, por meio de regressões em painéis. Os dados secundários foram coletados por meio dos relatórios de sustentabilidade, relatórios anuais e de sustentabilidade (apresentados conjuntamente), inventários de emissões e questionários do Carbon Disclosure Project – CDP, respondidos pelas empresas, bem como através de consulta à base de dados Economática para a extração da cotação mensal dos preços das ações das empresas e os pontos mensais do Ibovespa. Já os dados primários foram obtidos por meio de entrevistas com gestores representantes das empresas. Para a realização dos respectivos estudos utilizou-se como unidade de análise o ICO2, cujo período analisado foi o compreendido entre 2011 a 2014. Os resultados evidenciaram que as principais iniciativas divulgadas pelas empresas da carteira teórica do ICO2 da BM&FBOVESPA para responder ao fenômeno das mudanças climáticas foram o CDP, o Programa Brasileiro GHG Protocol e o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). O grupo de empresas que ingressaram no ICO2 não apresentaram retornos das ações superiores se comparado com o grupo de empresas que não ingressaram no ICO2, mas apresentaram menor sensibilidade ao risco de mercado do que o grupo de empresas que não ingressaram no índice; os retornos das ações e a sensibilidade ao risco de mercado das empresas após admissão na carteira teórica do ICO2 não apresentaram alterações positivas, face ao período de pré-admissão. Por fim, conclui-se que as empresas têm aumentado a preocupação na qualidade e no direcionamento de informações relacionadas com as suas práticas de gestão, priorizando para tal alguns stakeholders. Os principais stakeholders priorizados pelas empresas nesse processo, identificados nessa pesquisa, foram os investidores, acionistas, além do governo em função dos riscos regulatórios e os clientes dado a mudança de comportamento nos últimos anos.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27081
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PEI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
andre_luis_rocha_de_souza.pdf4.59 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA