DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Teses de Doutorado (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26705

Title: O trabalho da enfermeira no Brasil 1988-2014.
Authors: Souza, Ednir Assis
???metadata.dc.contributor.advisor???: Teixeira, Carmen Fontes
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Souza, Mariluce Karla Bomfim de
Keywords: Processo de Trabalho em Saúde;Trabalho da Enfermeira;Identidade Profissional;Enfermeira;Práticas profissionais
Issue Date: 26-Jul-2018
Abstract: O objetivo deste estudo é analisar as mudanças que ocorreram no trabalho da enfermeira no Brasil, no período de 1988 – 2014, tendo como objetivos específicos: analisar a produção científica sobre o trabalho da enfermeira no Brasil nas últimas décadas; analisar o processo de (re) configuração da identidade profissional de um grupo selecionado de enfermeiras que atuam há mais de duas décadas no mercado de trabalho; e discutir as mudanças introduzidas no processo de trabalho da enfermeira nas dimensões assistencial, gerencial, educativa e de pesquisa e suas repercussões no perfil profissional, na organização do processo de trabalho e nas relações técnicas e sociais da enfermeira com os demais profissionais e trabalhadores de saúde. O referencial teórico adotado na pesquisa alicerça-se na teoria de “Processo de Trabalho em Saúde”, desenvolvida por Mendes-Gonçalves, associado ao referencial teórico-metodológico de Claude Dubar sobre as formas identitárias profissionais. Os resultados foram organizados em três artigos. O primeiro apresenta uma revisão sistemática da literatura nacional sobre trabalho da enfermeira, no período de 1988 a 2014, discute as mudanças que vem sendo apontadas nessa literatura e a possível correlação desses processos com as transformações na organização e gestão dos sistemas de saúde no Brasil. O segundo contempla os resultados de um estudo sócio histórico, que tomou como informantes-chave enfermeiras em exercício profissional, no período de 1988 a 2014. Analisa as trajetórias e as práticas profissionais nas dimensões assistenciais, gerenciais, educativas e de pesquisa considerando aspectos como: motivação para a opção pela carreira, as características da formação e as percepções sobre as práticas profissionais realizadas ao longo da atuação no âmbito do sistema de saúde público e/ou privado. Já o terceiro artigo tem por objetivo discutir as mudanças ocorridas no trabalho da enfermeira, na visão de seus agentes. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com base em entrevistas realizadas com informantes-chave, quais sejam, um grupo selecionado de enfermeiras em atividade profissional no Brasil no período de 1988 a 2014, buscando explorar suas trajetórias profissionais com foco nas mudanças ocorridas no processo de trabalho nas dimensões assistencial, gerencial, educativa e de pesquisa. As mudanças que vêm ocorrendo no trabalho da enfermeira sejam nos aspectos técnico-científicos, com ampliação dos saberes e novos aparatos tecnológicos e/ou nos aspectos organizacionais, são mediadas pelas imposições derivadas da estrutura econômica, política, social e ideológica dos serviços da saúde, ao longo do tempo, considerando o aumento de postos de trabalho e a inserção da enfermeira nesse mercado de trabalho, de modo que tais movimentos configuram e (re) configuram as identidades profissionais.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26705
Appears in Collections:Teses de Doutorado (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE Ednir Souza. 2017.pdf1.91 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA