DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Artigos Publicados em Periódicos (IGEO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/2569

Title: Geologia do segmento Sul do Orógeno Itabuna-Salvador-Curaçá
Other Titles: Revista Brasileira de Geociências
Authors: Barbosa, Johildo Salomão Figueirêdo
Correa-Gomes, Luiz Cesar
Marinho, Moacyr Moura
Silva, Fernando César Alves da
Keywords: Terrenos arqueanos; colisão paleoproterozóica; Orógeno Itabuna-Salvador-Curaçá; metamorfismo granulítico; Bahia; Brasil;Archean terranes; Palaeoproterozoic collision; granulite metamorphism; Bahia, Brazil
Issue Date: 2003
Abstract: Mapeamento geológico, estudos petrográficos, petroquímicos, tectonicos, geocronológicos e isotópicos, realizados nos terrenos polideformados, arqueanos, do sul da Bahia têm demonstrado a presença de diferentes domínios quanto as suas principais rochas. Na parte oeste (Bloco Jequié) ocorrem granulitos heterogêneos, orto e paraderivados, (3.2-2.9Ga), além de rochas enderbíticas, charnoenderbíticas e charnockíticas (2.8-2.7Ga), todas elas com química cálcio-alcalina e com quantidades altas a intermediárias de potássio. Por sua vez, na parte leste (Bloco Itabuna-Salvador-Curaçá) são identificados, em maior quantidade, metatonalitos-metatrondhjemitos (2.6-2.5Ga) e metamonzonitos (2.4Ga), os primeiros cálcio-alcalinos de baixo potássio e os últimos com tendência geoquímica shonshonítica. Ambos os tipos de litologias possuem enclaves de rochas gabróicas e supracrustais granulitizadas. Entre esses dois mega-blocos granulíticos ocorre uma faixa estreita de gnaisses (Banda de Ipiaú), com intercalações de bandas de anfibolitos e de rochas quartzo-feldspáticas, além de granitos, todas essas litologias equilibradas na fácies anfibolito. No final do Paleoproterozóico, a cerca de 2.0-1.9Ga, houve a colisão dos dois megablocos acima referidos. Com isso, nesse segmento sul do Orógeno Itabuna-Salvador-Curaçá, a superposição tectônica promoveu a granulitização de grande parte da região deixando enclavada, entre os dois megablocos, a Banda de Ipiaú, que manteve preservada suas características metamórficas da fácies anfibolito. No pico do metamorfismo houve a geração de leucocharnockitos com granada e cordierita, considerados anatéticos, paraderivados e, de charnockitos, formados pela fusão parcial das encaixantes, constituindo estruturas ovaladas típicas.
Description: p. 33-47
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/2569
ISSN: 2177-4382
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (IGEO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
10326-35273-1-PB.pdf532.69 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA