DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Teses de Doutorado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/25353

Title: Cadeia produtiva da indústria da cultura corporal em academias de ginástica: em busca dos nexos e determinações da tese da divisão da formação como decorrência da reestruturação produtiva
Authors: Pupio, Bárbara Cristina
???metadata.dc.contributor.advisor???: Peixoto, Elza Margarida de Mendonça
Keywords: Academias de ginástica;Educação Física;Formação de professores;Indústria da cultura corporal;Reestruturação produtiva;gymnasiums;Phisycal education;Teacher training;Body culture industry;Productive restructuring
Issue Date: 22-Feb-2018
Abstract: Considerando o contexto de reestruturação produtiva e neoliberalismo que incidem na formação social brasileira desde as últimas décadas do século XX, a literatura especializada da área Educação Física estabelece relações entre a divisão da formação em Educação Física e a reestruturação produtiva. Apropriando-se da revisão teórico-conceitual do que a literatura marxista reconhece como reestruturação produtiva, esta pesquisa visa – no âmbito da economia – apanhar a cadeia produtiva da indústria da cultura corporal em academias de ginástica, bem como os sinais de existência de uma reestruturação produtiva que indiquem nexos com a divisão da formação de professores de Educação Física. Buscamos entender os nexos entre o estágio de desenvolvimento da indústria da cultura corporal no setor de academias e – até que ponto, esse estágio de desenvolvimento interfere, influencia, determina – as disputas pela direção da formação em Educação Física no Brasil (1980-2012). A Concepção Materialista e Dialética da História é a teoria do conhecimento que orienta o modo como estamos pensando esse objeto, síntese de múltiplas determinações. As categorias centrais que se articulam são: modo de produção capitalista/reestruturação produtiva do capitalismo na formação social brasileira; reestruturação produtiva x reestruturação da educação/formação da força de trabalho; indústria da cultura corporal (setor de academias); reestruturação produtiva da indústria da cultura corporal/formação de professores de Educação Física. Dentre os resultados da pesquisa, verificamos que houve a necessidade de adequação da força de trabalho no setor de academias, no que se refere as inovações nos equipamentos e aparelhos, novas modalidades corporais, conhecimento de marketing e, principalmente, em relação a atitude pessoal que deve estar voltada ao empreendedorismo e flexibilização, contudo não foram alterações significativas no conteúdo de trabalho do professor de Educação Física, a ponto de justificarem a divisão da formação em Licenciatura e Bacharelado. No nosso entendimento não estão claros os nexos da relação entre reestruturação produtiva e divisão da formação. O reconhecimento da cadeia produtiva do setor de academias e os dados econômicos desse mercado, possibilitou-nos problematizar o debate sobre os interesses dos empresários de academias e suas determinações na direção da formação em Educação Física.
Abstract Considering the context of productive restructuring and neoliberalism that have influenced the Brazilian social formation since the last decades of the twentieth century, the specialized literature of Physical Education establishes relations between the division of Physical Education formation and productive restructuring. Approaching the theoretical-conceptual revision of what Marxist literature recognizes as a productive restructuring, this research aims - in the ambit of the economy - to pick up the productive chain of the body culture industry in gymnasiums, as well as the signs of a restructuring productive relationship that indicate links with the division of the formation of Physical Education teachers. We seek to understand the links between the development stage of the body culture industry in the academy sector and - to what extent, this stage of development interferes, influences, determines - disputes by the direction of training in Physical Education in Brazil (1980-2012) . The Materialist and Dialectical Conception of History is the theory of knowledge that guides the way we are thinking this object, synthesis of multiple determinations. The central categories that are articulated are: capitalist mode of production / productive restructuring of capitalism in the Brazilian social formation; productive restructuring x restructuring of workforce education / training; body culture industry (academies sector); productive restructuring of the body culture industry / training of Physical Education teachers. Among the results of the research, we verified that there was a need to adapt the workforce in the academy sector, in terms of innovations in equipment and devices, new body modalities, marketing knowledge and, especially, the personal attitude that should be focused on entrepreneurship and flexibility, but there were no significant changes in the work content of the Physical Education teacher, to the point of justifying the division of the training in Bachelor's and Bachelor's degree. In our understanding, the links between productive restructuring and division of training are unclear. The recognition of the productive chain of the academies sector and the economic data of this market enabled us to problematize the debate about the interests of entrepreneurs of academies and their determinations in the direction of the formation in Physical Education.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/25353
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Bárbara Cristina Pupio_2017FINAL.pdf2.81 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA