DSpace

RI UFBA >
Escola de Administração >
Núcleo de Pós-Graduação em Administração (NPGA) >
Teses de Doutorado (NPGA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24658

Title: Os vínculos com a organização e a regulação emocional de servidores públicos
Authors: Rodrigues, Ana Paula Grillo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Bastos, Antônio Virgílio Bittencourt
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Gondim, Sônia Guedes
Keywords: Comprometimento;Entrincheiramento;Emoções;Estratégias de regulação emocional
Issue Date: 23-Nov-2017
Abstract: Esta tese trata da relação de vínculos com a organização e as estratégias de regulação emocional de servidores públicos estatutários e celetistas da administração direta e indireta, nas esferas municipal, estadual e federal da cidade de Florianópolis. A pesquisa teve como objetivo geral analisar as relações entre os padrões de vínculos com a organização, e as estratégias de regulação emocional frente às emoções negativas de servidores públicos ao manejarem situações do cotidiano de trabalho. O instrumento de coleta de dados foi um questionário contendo itens abertos e fechados distribuídos em três partes. A primeira incluiu as escalas de comprometimento (BASTOS et al., 2008) e entrincheiramento organizacionais (RODRIGUES, 2009). Para avaliar as estratégias de regulação emocional, na segunda parte do instrumento foram apresentadas 21 situações cotidianas da organização, para as quais o participante deveria relacionar emoções e estratégias de regulação. A terceira parte contemplou questões referentes aos dados sociodemográficos dos respondentes. Participaram 400 trabalhadores de nove organizações públicas. As análises foram realizadas por meio do SPSS (Statistical Package for Social Sciences), um pacote estatístico apropriado para as ciências sociais. Análises descritivas identificaram tipos de vínculos de comprometimento e entrincheiramento e frequência de emoções básicas para cada situação. A análise de dados foi desenvolvida em três etapas, a saber: a) Primeiramente foram calculados os escores médios dos vínculos de comprometimento e entrincheiramento, sendo efetuados cruzamentos entre variáveis e a análise de cluster para identificar os padrões de vínculos; b) Na segunda etapa foram feitas análises descritivas da frequência de respostas para cada situação apresentada, traçando-se o perfil de respostas por variáveis demográficas do grupo; c) finalmente foi utilizado cruzamento entre variáveis via Crosstabs para testar a associação entre padrões de vínculos com a organização e estratégias de regulação emocional. Os principais resultados foram que os servidores públicos apresentam maiores níveis de comprometimento do que de entrincheiramento. A estratégia de regulação emocional mais usada para lidar com as situações que geram emoções negativas no trabalhador foi a estratégia de ação profunda. A emoção negativa mais frequentemente associada às situações negativas foi a raiva.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24658
Appears in Collections:Teses de Doutorado (NPGA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese_ana_paula_grillo_rodrigues.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA