DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-graduação em Biotecnologia (PPGBiotec) >
Dissertações de Mestrado - (PPGBiotec) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24222

Title: Estratégias nutricionais para a otimização da produção de exopolissacarídeos pela cepa Enterobacteramnigenus LABEM
Authors: Moreira, Roseane Vieira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Chinalia, Fábio Alexandre
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Almeida, Paulo Fernando de
Keywords: Microbiologia;Cultura e meios de cultura;Biopolímeros
Issue Date: 19-Sep-2017
Abstract: A meta desse trabalho é testar fatores do processo de cultivo que podem diretamente influenciar no rendimento da produção de exopolissacarídeos (EPS) por uma cepa de Enterobacter amnigenus LABEM em meio salino. A produção de EPS em meio salino foi pensada para dar suporte a um potencial processo de reutilização in situ de água de produção que é gerada durante a recuperação de petróleo em poços maduros situados em plataformas marinhas. Dessa forma o EPS produzido poderia ser utilizado para suplementar a água de injeção, que é também utilizada no processo de recuperação de petróleo. A base do meio, portanto, é a água de produção salina suplementada com uma fonte adicional de carbono para ajudar a sustentar o crescimento microbiano. O glicerol foi testado em um trabalho anterior por ser uma substância de baixo custo e facilmente disponível na indústria do petróleo e de biocombustível. Essa pesquisa dá prosseguimento ao trabalho mencionado e os testes de otimização foram baseados em informações de literatura. Foram escolhidos 6 fatores nutricionais com potencial para influenciar o aumento da produção de EPS: (i) adição de biosurfactante, (ii) adição de etanol, (iii) combinação de etanol e biosurfactante, (iv) complementos de substâncias nitrogenadas orgânicas e inorgânicas como: ácido casamínico, L-aspargina e nitrato de amônio, respectivamente, (v) adição de substância estressante/estimulante como o ácido bórico e (vi) mudanças na relação C:N. Os três primeiros fatores foram testados através da experimentação estatística de “Superfície de Resposta”. Os complementos nutricionais foram testados de acordo com concentrações sugeridas em literatura. A melhor produção de EPS (4,8 g.L-1) aconteceu nas condições de 240 rpm, 35°C e com a suplementação de 0,015% de surfactante e 2% de etanol em pH 7. Esse valor foi 3 vezes maior do que o controle (1,49 g.L-1). As suplementações com ácido bórico, ácido casamínico, L-aspargina e nitrato de amônio apresentaram uma produção média de 2,21; 2,94; 2,46 e 2,63 g.L-1, respectivamente. Portanto, conclui-se que a adição do surfactante e etanol aumentaram significativamente a produção de EPS pela cepa Enterobacter amnigenus LABEM em meio salino
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24222
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - (PPGBiotec)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Final- Roseane Vieira.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA