DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pos Graduacao em Museologia (PPGMUSEU) >
Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24010

Title: Tesselas da museologia: a documentação e a comunicação dos embrechados nas igrejas do recôncavo baiano
Authors: Santos Neta, Cidália de Jesus Ferreira dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Duarte, Ana Helena da Silva Delfino
Keywords: Museologia – Documentação;Comunicação;Embrechados;Igrejas do Recôncavo da Bahia;Arquitetura de igrejas -Detalhes;Recôncavo (BA)
Issue Date: 17-Aug-2017
Abstract: O presente trabalho traz um levantamento sobre os embrechados em torres sineiras nos espaços religiosos do Recôncavo Baiano, a partir da sistematização em um dossiê documental. Para alcançar esta perspectiva, aportamos a pesquisa aos conceitos da Museologia Aplicada visando desenvolver práticas de socialização, executar métodos documentais, históricos, descritivos e analíticos que permeiem reflexões sobre a preservação deste ornamento nas Igrejas de Nossa Senhora da Conceição do Monte e Matriz Deus Menino, ambas no Recôncavo Baiano. O embrechamento é uma técnica de revestimento sobre determinadas armações arquitetônicas com uso de materiais como: conchas, búzios, porcelanas, faianças, azulejos, pedras, canutilhos, vidros, dentre outras peças, formulando efeitos visuais semelhantes ao mosaico. As aparências em aspectos plácidos, que categorizam a ambiência, são provenientes de uma determinada geometrização e suavidade dos contornos, com uso de fragmentos em motivos esquadrinhados e policrômicos alinhados de forma padronizada e harmônica. Além do valor material esta arte demarca função mediadora que carrega em seus traçados, expressões e concepções que manifestam a autenticidade de um período histórico e elevam potencialidades culturais na paisagem urbana. Cientes que as produções artísticas são elementos que referenciam o patrimônio e à cultura, buscamos com trocas de vivências e experiências desenvolver, através da documentação, condutas que viabilizem a legitimação e disseminação do conhecimento.
The present work presents a survey on the embrechado present on the bell towers in the religious spaces of Recôncavo Baiano, based on the systematization of a documentary dossier. To reach this perspective, we dock this research into the concepts of Applied Museology in order to develop socialization practices, to perform documentary, historical, descriptive and analytical methodology that permeate with reflections on the preservation of this ornament in the Churches of Nossa Senhora da Conceição do Monte and the Matriz Deus Menino, Both in Recôncavo Baiano. The Embrechado is a technique of cladding on certain architectural frames using materials such as: shells, cowrie shells, porcelain, faience fine, tiles, stones, beads, glass, among other pieces, creating visual effects similar to the mosaic. The placid aspects of its appearances categorize the ambience, is obtained through certain geometry and smoothness of the contours, using fragments in scanned and polychromic motifs aligned in a standardized and harmonic form. Besides material value, this art lines of the mediating function that carries in its tracings, expressions and conceptions which manifest the authenticity of a historical period and increase cultural potentiality in the urban landscape. Aware of how those artistic productions are elements that refer to heritage and culture, we seek that, through exchanges of experiences and acknowledgments to develop by documenting, this knowledge gets the means to be legitimated and disseminated.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24010
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertacao_final_25.05.2017.pdf31.06 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA