DSpace

RI UFBA >
Instituto de Psicologia >
Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPSI) >
Dissertações de Mestrado (PPGPSI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23981

Title: Inventário de crenças centrais negativas: propriedades psicométricas
Authors: Osmo, Flavio
???metadata.dc.contributor.advisor???: Menezes, Igor Gomes
Keywords: Crenças centrais.;Estilos de apego.;Depressão.;Ansiedade.;Experiências negativas na infância.
Issue Date: 15-Aug-2017
Abstract: Medidas bidimensionais de estilos de apego têm se mostrado capazes de prever diversos fenômenos psicológicos, porém falham quando tentam buscar padrões clínicos consistentes. Por outro lado, a teoria subjacente à terapia cognitiva Beckiana estabeleceu o conceito de crenças centrais, que contribuiu para uma melhor compreensão do fenômeno clínico. Dada a proximidade entre este conceito e o de estilos de apego (estilos de apego podem ser conceituados como esquemas, e crenças como conteúdos específicos dos esquemas), este estudo objetivou desenvolver um instrumento bidimensional de crenças centrais negativas sobre si (CBS) e sobre os outros (CBO), esperando que este, além de conservar a boa performance apresentada pelas medidas de apego, ofereça o benefício adicional de mensurar fenômenos clínicos. São apresentadas evidências de validade e fidedignidade do inventário. Os resultados mostraram que tanto CBS quanto CBO se correlacionam positivamente com experiências negativas na infância, estilos de apego, ansiedade e depressão. Os resultados mostraram também que, quando se controlam os escores de CBS, CBO têm um efeito menor sobre os escores de depressão, o que serve como evidência de validade discriminante da escala.
Two-dimensional attachment styles measures have shown to be capable of predicting several psychological phenomena, although they fail when trying to identify consistent clinical patterns. On the other hand, the underlying theory of Beck's cognitive therapy established the concept of core beliefs, which contributed to a better understanding of the clinical phenomenon. Given the theoretical proximity between core beliefs and attachment styles (attachment styles can be conceptualized as schemas, and beliefs as specific contents of schemas), this study aimed to develop a two-dimensional scale of core beliefs about the self (CBS) and about others (CBO). It is expected that the measure keep the good performance displayed by the attachment styles scales with the added benefit of assessing clinical phenomena. Multiple pieces of evidence of validity and reliability of the scale are presented. Results show that both CBS and CBO positively correlate with negative experiences in childhood, attachment styles, anxiety and depression. Results also show that, when controlled by CBS scores, CBO has a smaller effect on depression scores, which provide evidence for the discriminant validity of the scale.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23981
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGPSI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Inventário de Crenças Centrais Negativas (Dissertação de Mestrado de Flavio Osmo).pdf847.24 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA