DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Africanos (PÓS-AFRO) >
Dissertações de Mestrado (PÓS-AFRO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23978

Title: Território vivido e o mapa colonial: migração, colonialismo e identidades no Sul da Baía de Maputo
Authors: Maúngue, Sergio Armando
???metadata.dc.contributor.advisor???: Zamparoni, Valdemir Donizette
Keywords: Moçambique - Fronteiras - África do Sul;Identidade social - Moçambique;Moçambique - História
Issue Date: 15-Aug-2017
Abstract: Pretende-se com o presente estudo dois objetivos; i) interpretar as dinâmicas fronteiriças e ii)os processos identitários daquelas decorrentes. Pelo fato, o estudo é informado pelas Pr oposições de estudos sobre fronteiras e identidades sob o viés antropológico. A região aqui em estudo, Sul da Baía de Maputo, delimita Moçambique da África do Sul e da Suazilândia. Essa fronteira-limite foi determinada em 1875 no contexto da partilha de África, com a intermediação de Mac-Mahon. Este vértice atravessou o Estado de Mabudu-Tembe que por fissão à linhagem nuclear Tembe e conquista na direção Sul do rio Maputo constituíra-se numa unidade política e cultural-identitária reconhecida como abakwaMabudu que significa "pessoas da terra de Mabudu" que se estendia do Sul da atual Baía de Maputo até ao rio Mkhuze, na atual África do Sul, e do rio Pongolo até ao oceano Índico. Doravante, sobre esta fronteira-limite interpuseram-se os espaços pré-existentes e os coloniais com impactos no ambiente da fronteira e nos processos identitários. Minha conclusão aponta como móbeis das dinâmicas fronteiriças e processos identitários na região o meio ambiente, a história regional, as diferenças das administrações coloniais e as suas potencialidades econômicas, o Apartheid instituído na África do Sul em 1948 e o seu fim em 1992, os eventos após a independência de Moçambique nomeadamente os reveses das políticas de desenvolvimento adotadas pelo governo independente como a socialização rural e as nacionalizações. Adicionalmente, a guerra civil entre a FRELIMO e a RENAMO entre 1976 e 1992 foi outro importante móbil das dinâmicas da paisagem sócio-cultural da fronteira-limite entre Moçambique e África do Sul.
The present research aims at two goals: I) to understand the social dynamics of people near the borders and II) the identity processes resulting from the above mentioned dynamics. In view of this, this study is based on proposition of studies on borders and identities instead of anthropological view. The region under study, in the southern of Maputo Bay separet Mozambique from the South Africa and from Swaziland. This border has been drawn in 1875 on behalf of the sharing Africa through intermediation of Mac-Mahon. This border crossed the state of Mabudu Tembe who by leankage of the principal Tembe lineage and having conquerer the southern region of Maputo which became in a political and cultural identity recognized as abakwaMabudu what means “people from Mabudu’s land” which extendend from the South of actual “Maputo Bay” until Makhuze river in the actual South Africa, and the Pongolo river until the Indian Ocean. Later on, over this border the pre-existent spaces and the colonial ones became the same and this generated impact in border environment and identity processes. My conclusion points as the causes of social dynamics of people living near border, the identity processes the region, the environment, the regional history, the differences of authorities and their economic potentialities, the Apartheid policy adopted in South Africa in 1948 and it’s abolition in 1992, the events after the independence of Mozambique such as the reverses on the development policies adopted by independent government as well as rural socialization and the nationalizations of infrastructures. In addition the civil war between FRELIMO and RENAMO from 1976 to 1992 was another cause of such dynamics in the socio cultural scenery in the border between Mozambique and South Africa.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23978
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PÓS-AFRO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertacao_SAMaungue.pdf1.95 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA