DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23930

Title: Efeito da Dapagliflozina em parâmetros clínicos de pacientes com diabetes mellitus Tipo 1.
Authors: Silva, Paula Seixas Vianna Dias da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Ramalho, Ana Cláudia Rebouças
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Martins Netto, Eduardo
Keywords: Diabetes mellitus tipo 1;Dapagliflozina;Controle ponderal
Issue Date: 10-Aug-2017
Abstract: O diabetes mellitus tipo 1 (DM1) uma doen a autoimune que gera uma incapacidade na secre ão de insulina. No mundo, aproximadamente 50% dos pacientes com DM1 são atualmente obesos ou com sobrepeso e 8% a 40% deles satisfazem os crit rios da síndrome metabólica. Dessa forma, essencial que esses indivíduos sejam acompanhados não só para controle dos níveis glicêmicos, como tamb m para controle ponderal. Objetivo: Avaliar o impacto da terapia com dapagliflozina no controle ponderal em pacientes com DM1 com controle insatisfatório do diabetes e índice de massa corpórea (IMC) > 24,5 kg/m². Metodologia: An lise secund ria de dados em prontu rios de 22 indivíduos com DM1 e com história de uso de dapagliflozina (10mg) como terapia adjuvante, acompanhados no servi o de Endocrinologia do Ambulatório Magalhães Neto do Complexo Hospitalar Universitario Prof. Edgard Santos, da Faculdade de Medicina, da Universidade Federal da Bahia. Crit rios de inclusão foram: idade entre 18 e 65 anos, controle glicêmico insatisfatório (HbA1C: 7-10,5%), uso de terapia de insuliniza ão intensiva e IMC > 24,5 kg/m². O período de dura ão da terapia com dapagliflozina variou de 3 a 12 meses. Resultados: Dos 22 pacientes selecionados, 12 atenderam os crit rios de inclusão. A maioria era do sexo feminino (83,3%), com mediana de idade de 37,5 anos e de tempo de diagnóstico de DM1 de 282 meses. Foram avaliados par metros clínicos como: peso, IMC, dose de insulina, pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD), creatinina e eventos adversos. As 2 2 medianas de peso e IMC diminuíram de 68,3Kg e 26,1 kg/m para 65,3Kg e 25,4 kg/m , respectivamente (p=0,002). A PAS teve redu ão estatisticamente significante (p=0,02), por m a PAD não evidenciou signific ncia (p=0,059). A dose de insulina basal reduziu de forma significante após uso da dapagliflozina (p= 0,012) e os valores de creatinina não se alteraram após uso da terapia adjuvante (p = 0,207). Os eventos adversos encontrados foram poucos e de leve a moderado. Discussão: A rela ão da dapagliflozina e de outros medicamentos inibidores do cotransportador de sódio-glicose (SGLT2) com redu ão do peso, do IMC, PAS, dose de insulina e ocorrência de eventos adversos em pacientes com DM1 foram semelhantes s observadas pela literatura. Conclusões: Os efeitos ben fícos da dapagliflozina nos par metros clínicos sinalizam para sua indica ão como potencial terapeutica adjuvante insulina em pacientes com DM1, por m mais ensaios clínicos prospectivos precisam ser realizados.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23930
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Paula Seixas Vianna Dias da Silva.pdf771.62 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA