DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas (PPGORGSISTEM) >
Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23770

Title: Validade de critério e confiabilidade de uma proposta de correção neuropsicológica dos desenhos da Casa-Árvore-Pessoa (H-T-P)
Other Titles: Revista de Ciências Médicas e Biológicas
Authors: Araújo, Arão Nogueira de
Nascimento, Marion Alves do
Sena, Eduardo Pondé de
Keywords: Esquizofrenia;Reprodutibilidade dos testes;Validade dos testes;Psicometria
Issue Date: Sep-2016
Publisher: Instituto de Ciências da Saúde/ Universidade Federal da Bahia
Citation: ARAÙJO, A. N. de.; NASCIMENTO, M. A. dos; SENA, E. P. de. Validade de critério e confiabilidade de uma proposta de correção neuropsicológica dos desenhos da Casa-Árvore-Pessoa (H-T-P). Rev. Ciênc. Méd. Biol., Salvador, v. 15, n. 3, p. 330-336, set./dez. 2016
Abstract: Introdução: o teste do Desenho da Casa-Árvore-Pessoa (H-T-P), como um instrumento projetivo de avaliação qualitativa, é muito difundido na clínica psicológica. Todavia, como uma avaliação quantitativa de aspectos cognitivos, ainda apresenta parâmetros psicométricos bastante limitados. Objetivo: avaliar as propriedades psicométricas de uma proposta quantitativa da forma reduzida do H-T-P, baseada na expressão gráfica. Metodologia: os sujeitos com esquizofrenia e os sujeitos controles foram avaliados com a forma reduzida do H-T-P (correção adaptada). A confiabilidade foi calculada mediante a avaliação da consistência interna (alfa de Cronbach e teste das metades) e da consistência temporal (teste-reteste). A validade de critério foi realizada mediante a comparação da diferença entre os grupos de sujeitos controles e o de sujeitos com esquizofrenia. Resultados: a consistência interna para o valor do alfa de Cronbach encontrado, na fase de teste, foi 0,71 e o teste das metades foi 0,66. Na fase reteste, o teste das metades obteve o valor de 0,71. A confiabilidade temporal para o grupo de sujeitos controles e o grupo de sujeitos com esquizofrenia foram, respectivamente, 0,60 e 0,80. A validade de critério pôde distinguir as diferenças entre os grupos. Discussão: a forma reduzida considerou características nitidamente mensuráveis dos desenhos as quais estavam descritas no manual do instrumento como as encontradas em sujeitos com baixa capacidade cognitiva, esquizofrenia e psicoses em geral. Conclusão: a forma reduzida do H-T-P com correção adaptada mostrou boa confiabilidade nas consistências internas, no teste-reteste e na validade de critério. Portanto, o instrumento apresentou-se útil para avaliar aspectos da expressão gráfica em pacientes com esquizofrenia.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23770
ISSN: 2236-5222
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
3-V.15, n.3.pdf671.16 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA