DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) >
Dissertações de Mestrado (PPGH) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23324

Title: As capitanias de Itaparica e Tamarandiva e do Paraguaçu: administração, direito de propriedade e poder na América portuguesa (c1530-c1630)
Authors: Bonfim, Alexandre Gonçalves do
???metadata.dc.contributor.advisor???: Paraíso, Maria Hilda Baqueiro
Keywords: Capitanias donatárias;Itaparica e Tamarandiva;Paraguaçu;Bahia Colonial;Administração e poder;Ocupação territorial
Issue Date: 27-Jun-2017
Abstract: Este trabalho tem como objeto as capitanias donatárias de Itaparica e Tamarandiva e do Paraguaçu. A primeira foi doada ao 1° Conde de Castanheira em 1556, enquanto a segunda foi concedida a Dom Álvaro da Costa, filho do segundo governador geral do Brasil, Dom Duarte da Costa em 1565, sendo, dessa maneira, desmembradas da Capitania Real da Baía. A análise das duas jurisdições tem como objetivo entender como estas se inseriam no processo de estruturação administrativa da colonização portuguesa na América durante o século XVI e início do século XVII. Contrariando a pouca relevância destas duas donatarias na historiografia baiana, esta pesquisa demonstra como a análise de Itaparica e Tamarandiva e Paraguaçu apontam questões importantes para compreensão da sociedade colonial como a ocupação do território, o interesse de importantes famílias da Corte pelo território luso na América, a relação de poder entre distintos grupos sociais e os conflitos da colonização com os indígenas.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23324
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGH)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Alexandre Gonçalves do Bonfim.pdf5.94 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA