DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciência da Informação >
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22997

Title: Competências infocomunicacionais e o Arquivista: mediação para a apropriação da Informação
Authors: Brandão, Gleise da Silva
???metadata.dc.contributor.advisor???: Borges, Jussara
Keywords: Competências infocomunicacionais;Arquivista;Mediação da informação;Mediação da informação arquivística;Infocommunicational competence;Archivist;Mediation of information;Mediation of archival information
Issue Date: 14-Jun-2017
Abstract: A atividade de mediação da informação, bastante presente nos estudos e práticas bibliotecárias, ainda é pouco abordada no âmbito arquivístico brasileiro. Considerando uma sociedade cada vez mais alicerçada pelo uso da informação, parece imprescindível que o arquivista venha a atuar também na formação de usuários de informação. Nessa perspectiva, compreende-se a mediação como um processo colaborativo capaz de promover a apropriação da informação e, por conseguinte, um salto qualitativo nos usuários. Defende-se que o desenvolvimento de competências infocomunicacionais associado à mediação da informação pode propiciar esse salto qualitativo tanto no usuário ao tornar-se independente na satisfação de suas necessidades informacionais quanto no profissional que potencializa seu papel de mediador. Assim, a proposta deste trabalho é analisar as competências infocomunicacionais desenvolvidas pelos arquivistas e a contribuição dessas competências no processo de mediação e formação de usuários de informação. Especificamente, objetiva identificar as potencialidades do arquivista para atuar como mediador no processo de formação de usuários de informação, aprimorar os indicadores de verificação das competências infocomunicacionais, aferi-las a partir do comportamento dos arquivistas e verificar a contribuição do emprego de tais competências na formação de usuários. Caracteriza-se a pesquisa como descritiva, aplicada e de natureza quali-quantitativa. A pesquisa bibliográfica configura-se fundamento conceitual e metodológico necessário para desenvolvimento da fase teórica deste estudo. Quanto à fase empírica, adotou-se o questionário online como instrumento de coleta de dados. A amostra é composta por 53 arquivistas que atuam nos arquivos brasileiros (públicos e privados), o questionário foi enviado através de grupos e comunidades online que reúnem profissionais da área. A análise dos dados se baseia prioritariamente nas categorias de análise e indicadores desenvolvidos, a partir da pesquisa bibliográfica, para aferir as competências infocomunicacionais dos arquivistas. Para tanto, estabeleceu-se três níveis: descrição, comparação e interpretação. As informações coletadas foram descritas fielmente, comparadas com os indicadores de verificação das competências infocomunicacionais e interpretados. Como resultado da pesquisa teórica tem-se a aprimoração dos indicadores de verificação das competências infocomunicacionais e formação de usuários aplicados na pesquisa empírica. Os resultados empíricos mostraram que há relações entre o emprego das competências infocomunicacionais e a atuação do arquivista ao mediar a informação. De forma geral, as competências infocomunicacionais estão mais desenvolvidas no que diz respeito a identificar a necessidade de informação, buscar e avaliar a informação, estabelecer e avaliar a comunicação. Contudo, são identificados obstáculos para se apropriar das informações e manter uma postura mais participativa e colaborativa. Dessa forma, conclui-se que o emprego dessas competências pelos arquivistas influencia diretamente na sua atuação enquanto mediador da informação. E que essa atuação aliada à sua auto-percepção vai interferir diretamente na formação de usuários.
ABSTRACT - The activity of mediation of information, quite present in the studies and practices of librarians, is still little approached in the Brazilian archival scope. Considering a society increasingly based on the use of information, it seems essential that the archivist also act in the training of information users. From this perspective, mediation is understood as a collaborative process capable of promoting the appropriation of information and, therefore, a qualitative leap in users. It is argued that the development of infocommunication competences associated with mediation of information can propitiate this qualitative leap both in the user by becoming independent in the satisfaction of their informational needs and in the professional that enhances their role of mediator. Thus, the purpose of this paper is to analyze the infocommunication competences developed by the archivists and the contribution of these competences in the process of mediation and training of information users. Specifically, it aims to identify the potential of the archivist to act as mediator in the process of training information users, to improve the indicators of verification of the infocommunication competences, to assess them from the behavior of the archivists and to verify the contribution of the employment of such skills in the formation of users. The research is described as descriptive, applied and qualitative-quantitative. The bibliographical research constitutes the conceptual and methodological foundation necessary for the development of the theoretical phase of this study. As for the empirical phase, the online questionnaire was adopted as a data collection instrument, the sample is composed of 53 archivists who work in the Brazilian archives (public and private), the questionnaire was sent through online groups and communities that brings professionals from the area. The analysis of the data is based primarily on the categories of analysis and indicators developed, based on bibliographical research, to gauge the infocommunication skills of the archivists. For that, three levels were established: description, comparison and interpretation. The information collected was faithfully described, compared to the indicators of verification of the infocomunicacional and interpreted competences. As a result of the theoretical research is the improvement of the indicators of verification of the infocomunicacionales competences and training of users applied in the empirical research. The empirical results showed that there are relations between the use of infocommunication skills and the role of the archivist in mediating information. In general, infocommunication competences are more developed in terms of identifying the need for information, finding and evaluating information, establishing and evaluating communication. However, obstacles are identified to appropriate the information and to maintain a more participatory and collaborative position. Thus, it is concluded that the use of infocommunication skills by archivists directly influences their role as mediator of information. And that this action coupled with their self-perception will directly interfere with the training of users.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22997
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Mestrado_Gleise Brandão(1) atualizada.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA