DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Imunologia - (PPGIM) >
Teses de Doutorado (PPGIM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22854

Title: Avaliação de indicadores da resposta imune ovina a uma li nhagem de baixa virulência de Corynebacterium pseudotuberculosis e a seus antígenos secretados
Authors: Lima, Danielle Dantas
???metadata.dc.contributor.advisor???: Nascimento, Roberto José Meyer
Keywords: Corynebacterium pseudotuberculosis;Linfadenite caseosa;antígenos;resposta imune
Issue Date: 7-Jun-2017
Abstract: Corynebacterium pseudotuberculosis é o agente causador da linfadenite caseosa em caprinos e ovinos caracterizado por formação de granulomas nos linfonodos superficiais e em órgãos internos. Diversas tentativas já foram realizadas para o desenvolvimento de candidatos vacinais que sejam capazes de induzir uma resposta imune protetora eficaz. O presente estudo avaliou indicadores da resposta imune inata e adaptativa em ovinos inoculados com uma linhagem de baixa virulência de C. pseudotuberculosis e a seus antígenos secretados. Cinco ovinos foram inoculados com a dose 109 UFC de uma linhagem de baixa virulência (T1) de C. pseudotuberculosis, cinco com 250μg de antígenos secretados em um meio quimicamente definido (MQD) e três animais foram utilizados para compor o grupo controle. Os animais foram desafiados com uma dose de 2x105 UFC de uma linhagem virulenta de C. pseudotuberculosis, e posteriormente necropsiados. Foram utilizados testes ELISA para identificação de IgM e IgG específica, e dosagem de IFN- para avaliação dos mecanismos humoral e celular. A técnica de PCR em tempo real foi utilizada para avaliação da expressão do RNAm de TNF-α, IL-1β e dos TLRs 2, 4, 9 em células de linfonodos inguinais. Com este experimento, conclui-se que o aumento na produção de IgG e uma maior expressão de RNAm de TNF-α e dos TLRs 2,4 e 9 em células de linfonodos inguinais podem estar associados a uma menor chance de surgimento de lesões em animais inoculados com a cepa de baixa virulência (T1). Os níveis de IFN- estiveram associados à progressão clínica da enfermidade no grupo MQD.
Corynebacterium pseudotuberculosis is the causative agent of caseous lymphadenitis in goats and sheep, which induces the formation of caseous lesions in subcutaneous lymph nodes and in internal organs. Several attempts have already been made for the development of vaccine candidates capable of inducing an effective protective immune response. The present study aimed to evaluate indicators of innate and adaptive immune response in sheep inoculated with a strain of low virulence of C.pseudotuberculosis and their secreted antigens. Five animals were inoculated with a dose 109 CFU of C. pseudotuberculosis of low virulence strain (T1), five with 250μg of secreted antigens in a chemically defined medium (CDM) more 1,5 mg saponins from Quillaja saponaria saponin as adjuvant and three animals were used to compose the control group. Animals were challenged with a dose of 2x105 CFU of virulent strain of C. pseudotuberculosis, and later necropsied. ELISA tests for identification of specific IgM and IgG and dosage of IFN -  were used to evaluate the humoral and cellular response. The technique of real-time PCR was used to evaluate the mRNA expression of TNF - α , IL - 1β and TLRs 2 , 4 , 9 . In this experiment, it was concluded that the increase in IgG production and increased mRNA expression of TNF- α and TLRs 2,4 and 9 may be associated with a lower chance of lesions in animals inoculated with a strain of low virulence of C.pseudotuberculosis. The levels of IFN -  were associated with clinical progression of the disease in MQD group.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22854
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGIM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese Danielle versão impressão.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA