DSpace

RI UFBA >
Escola de Música >
Teses de Doutorado (Música) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22830

Title: A pedagogia do canto através do movimento corporal: o uso da bola suíça e da faixa elástica no treino vocal de estudantes de canto
Authors: Costa Filho, Moacyr Silva
???metadata.dc.contributor.advisor???: Salgado, António Gabriel Castro Correia
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Jesus, Luís Miguel Teixeira de
Keywords: Pedagogia do canto;Movimento corporal;Percepção;Propriocepção;Desempenho técnico;Atividade muscular;Pressão subglótica
Issue Date: 6-Jun-2017
Abstract: A presente tese aborda o estudo da propriocepção a partir de movimentos corporais realizados com os materiais elásticos bola suíça (BS) e faixa elástica (FE) durante o canto. Partindo-se do pressuposto pedagógico de que as sensações musculares e vibratórias no canto lírico não são facilmente perceptíveis por estudantes neófitos ou mesmo veteranos, investigou-se preliminarmente, em um primeiro estudo exploratório, os efeitos imediatos do uso desses materiais sobre a pressão subglótica (Psub) e a atividade dos músculos respiratórios, que são parâmetros considerados cruciais na produção da voz cantada. Em seguida, em um segundo estudo, foi realizado um programa de treinamento vocal (PTV) elaborado pelo autor, envolvendo exercícios físicos e vocais com o uso da BS e da FE, onde se buscou verificar, ao longo do tempo, os impactos do treino sobre o aumento da propriocepção e a melhoria do desempenho técnico no canto. No estudo exploratório, participaram duas estudantes de canto (sopranos) voluntárias, com bom estado de saúde e regularmente matriculadas em curso de graduação. Em duas sessões experimentais, as estudantes foram solicitadas a gravar uma única tarefa vocal que consistiu na execução de um arpejo em C maior nas seguintes condições: sem e com o uso da BS e da FE. Na condição com BS e FE, a tarefa foi gravada ao mesmo tempo em que realizavam respectivamente os movimentos de salto sobre a BS e de tração da faixa elástica. Assim, na primeira sessão a Psub foi medida utilizando-se um sistema de aquisição do sinal de eletroglotografia (EGG) e na segunda sessão, foram gravadasas atividades dos músculos respiratórios: oblíquo (OB), retoabdominal (RA), intercostal (INT), esternocleidomastoideo (EST) e trapézio (TP) através de eletromiografia (EMG). No segundo estudo, participaram quatro estudantes de canto (sopranos) voluntárias, com bom estado de saúde e regularmente matriculadas em curso de graduação. As estudantes foram solicitadas a gravar em áudio uma única tarefa vocal que consistiu na execução de três excertos de uma ária de ópera em dois diferentes momentos: antes e depois do PTV. Durante o PTV, os sujeitos participaram de dez sessões individuais de treinamento e, ao final de cada sessão, foram entrevistados. Os áudios gravados nas condições antes e depois do PTV foram submetidos à avaliação de um painel internacional de doze professores de canto que realizaram dois testes perceptivo-auditivos, e as entrevistas gravadas em áudio foram transcritas e analisadas. Os resultados das análises do primeiro estudo sugerem que: i) o uso da BS e da FE aumenta a Psub de um indivíduo enquanto que o outro não apresenta alterações na Psub entre as condições sem e com BS e FE; ii) o aumento da atividade dos músculos estudados de um dos indivíduos é verificável entre as condições sem e com BS e FE, enquanto que para o outro há menos distinções na atividade muscular entre condições; e iii) com a FE, há o aumento simultâneo da atividade dos músculos OB, INT e TP e da Psub, independentemente dos sujeitos; com a BS, o aumento da atividade do INT diminui a Psub; e com a FE, o aumento da atividade do RA diminui a Psub. Por sua vez, os resultados das análises do segundo estudo indicam que: i) nas entrevistas, os relatos das estudantes sugerem que o treino vocal com o uso da BS e da FE aumenta a propriocepção e melhora o desempenho técnico no canto, e ii) na avaliação dos testes perceptivo-auditivos, os professores de canto julgaram que, para a maioria das estudantes, o treino vocal com o uso da BS e da FE aumenta a fluência da fonação no canto, e esse achado condiz com os relatos dos próprios sujeitos durante e depois do PTV. Os estudos investigativos realizados nesta tese sugerem que a BS e a FE podem vir a ser ferramentas pedagógicas promissoras na conscientização dos problemas técnicos do canto e recursos eficazes na dissolução dos mesmos, porquanto influenciam o comportamento de variáveis essenciais à produção da voz cantada e ampliam a perceptibilidade do estudante, tornando-o mais consciente do seu desenvolvimento vocal.
This Thesis presents the study of proprioception based on body movements performed with the aid of elastic materials such as Swiss ball (SB) and elastic band (EB) during singing. Based on the pedagogical assumption that muscular and vibratory sensations in classical singing are not easily perceived by novices or even veterans, a first exploratory study investigated, on a preliminary basis, the immediate effects of the use of these materials under subglottic pressure (Psub) as well as breathing muscles activities, which are considered crucial parameters in singing production. Additionally, in a second study a vocal training program (VTP) created by the author was carried out. It comprised physical and vocal exercises with the aid of SB and EB, aimed at assessing the training impact on increasing proprioception and improving technical performance in singing along time. The exploratory study counted on two volunteers, both singing students (sopranos) in good health and regularly enrolled in an undergraduate course. In two experimental sessions, both students were required to record one single vocal task that consisted in the performance of a C major arpeggio under the following conditions: with and without the use of SB and EB. In the condition with SB and EB, the task was recorded while the two students respectively performed movements of jumping over the SB and pulling the EB. Thus, in the first session the Psub was measured using a system of signal acquisition of electroglotography (EGG) and in the second session, the respiratory muscular activities were recorded: oblique (OB), rectus abdominal (RA), intercostal (INT), sternocleidomastoid (STM) and trapezius (TP) through electromyography (EMG). The second study involved four volunteers, classical singing students (sopranos) in good health and regularly enrolled in undergraduate program. A single vocal task consisting in the performance of three excerpts of an opera aria in two different moments was audio-recorded: before and after the VTP. During the VTP the subjects participated in ten individual training sessions, at the end of which they were interviewed. The audios recordings in the conditions before and after the VTP were assessed by an international panel of twelve singing teachers, who participated in listening tests. The audios recordings were transcribed and analyzed. The first study results suggest that: i) the use of both SB and EB increases one individual Psub, while the other individual doesn’t show any Psub changes between conditions with/without SB and EB; ii) the increase in muscular activity of one of the individuals is found under conditions with/without SB and EB, while for the other there are less distinctions in muscular activity between those conditions; and iii) with the EB, there is a simultaneous increase in activity of muscles OB, INT and TP, and of Psub as well, regardless of the subjects; with the SB, the increase in activity of the INT decreases the Psub; and with EB, the increase in activity of RA lowers the Psub. The results of the second study demonstrated that: i) in the interviews, students’ reports suggest that the use of SB and EB increases the proprioception and improves the technical performance in singing, and ii) by assessing listening tests singing teachers found that, for the majority of students, vocal training that uses SB and EB enhances phonation fluency in singing, which is consistent with the subjects’ reports during and after VTP. Results suggest that SB and EB are potentially promising pedagogical tools for the awareness of singing technical problems and for overcoming them, as they influence the behavior of variables that are essential to vocal production and further the student’s self-perception, rendering him more aware of his vocal development.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22830
Appears in Collections:Teses de Doutorado (Música)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_Moacyr.pdf7.32 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA