DSpace

RI UFBA >
Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos - IHAC >
Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares Sobre a Universidade (PPGEISU) >
Dissertações de Mestrado (PPGEISU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22630

Title: Pesquisa e Afiliação: a permanência de estudantes oriundos de escolas públicas na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Authors: Souza, Greyssy Kelly Araujo de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Sampaio, Sônia Maria Rocha
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Santos, Dyane Brito Reis
Keywords: Iniciação Científica;Afiliação;Permanência
Issue Date: 29-May-2017
Abstract: A educação superior brasileira vem atravessando um período de grandes transformações a partir da abertura do ensino superior iniciada em 2003, através de programas e políticas de expansão, interiorização e ações afirmativas, que tem funcionado como mecanismos para o aumento de vagas, a inclusão e fortalecimento do ensino superior. Contudo, as questões que envolvem a afiliação e a permanência na universidade ultrapassam o desafio do acesso, incluem a adaptação ao mundo acadêmico, sua rotina, cultura, rituais e normas. Diante dessas transformações, cabe à universidade refletir sobre os “novos” estudantes que passam a acessá-la, ao tempo que também reflete sobre si mesmo, no que tange a (re) construção de valores, currículos, práticas de valorização às múltiplas culturas presentes intra e extramuros. Para tanto, este trabalho se propõe a discutir sobre a relevância da iniciação científica enquanto loco estratégico para o aprendizado e desenvolvimento dos processos de afiliação estudantil e permanência material e simbólica na universidade. Para a realização do presente estudo elegemos como inspiração teórico-metodológica a pesquisa qualitativa de cunho Etnometodológico e para o tratamento dos dados empregamos a técnica de análise dos etnométodos. Participam como atores foco da nossa investigação 09 (nove) estudantes oriundos de escolas públicas que experimentam a iniciação científica no Observatório da Vida Estudantil e no PET Afirmação: Acesso e Permanência de Jovens das Comunidades Negras Rurais no Ensino Superior, ambos da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. É pertinente destacarmos que os atores investigados são também autores deste trabalho tal como indica a Etnometodologia, pois é a partir dos seus olhares e das suas vivências cotidianas no interior dos grupos de pesquisa, na realização dos seus planos de trabalho de iniciação científica e nas relações estabelecidas com os demais sujeitos neste espaço de produção de conhecimento científico, que a reflexão é construída. A coleta dos dados ocorreu em dois momentos, o primeiro diz respeito à imersão do pesquisador no ambiente do fenômeno investigado, por meio da observação participante das reuniões e atividades dos grupos; e o segundo momento corresponde a realização de entrevistas compreensivas com 4 estudantes de cada grupo. Além da observação e das entrevistas, tivemos acesso a algumas notas de campo produzidas pelos próprios estudantes sobre as atividades que foram realizadas em 2015. A organização e interpretação dos dados foram feitas com base na compreensão de que a inserção em grupos de pesquisa institui um pilar (educação científica, orientação/tutoria, rede de apoio) que sustenta a afiliação e a permanência do estudante na universidade. Baseada nas exposições dos atores/autores, bem como através da revisão bibliográfica, a iniciação científica aparece, para além das suas funções de produção, formação e disseminação de conhecimento científico, como um importante dispositivo institucional que auxilia no desenvolvimento de competências e posturas indispensáveis a estudantes de graduação, consequentemente colaborando na adaptação ao mundo acadêmico.
The Brazilian higher education has been going through a period of great change from the opening of higher education started in 2003, through programs and expansion policies, expandind to countryside and affirmative actions, which has been operating as mechanisms for increasing the vacancies, inclusion and strengthening of higher education. However, the issues surrounding membership and permanence in university go beyond the challenge of access, they include adaption to the academic world - its routine , culture, rituals and rules. Given these changes, it is up to university reflecting on the "new" students who begin to access it, as they also reflect on themselves, with regard to (re)construction of values, curricula, valuation practices to the many cultures present intra and extramural. Therefore, this paper proposes discussion of the relevance of scientific research as a strategic locus for learning and development of student affiliation processes and material and symbolic permanence at the university. To carry out this study, we elected as theoretical and methodological inspiration the qualitative study of a ethnomethodological nature, and for the treatment of data of we use the analysis technique from etnométodos. Participate as actors focus of our research 09 (nine) students from public schools who experience scientific research at the Observatory of Student Life and PET Affirmation: Access and Permanence of Youth of Rural Black Communities in higher education, both from the Federal University of Bahia Recôncavo. It is appropriate to stand out that the investigated actors are also authors of this paper just as regards Ethnomethodology, because it is from their looks and their daily livings inside the research groups, in realizing their scientific initiation work plans and relationships established with the other subjects in this scientific knowledge production space, that the reflection is built. Data collection occurred in two stages, the first is the immersion of the researcher in the environment of the phenomenon investigated, through participant observation of meetings and activities of the groups; and the second stage corresponds the accomplishment of comprehensive interviews with 4 students in each group. In addition to the observation and interviews, we had access to some field notes produced by the students about the activities that were held in 2015. The organization and data analysis were based on the understanding that the inclusion in research groups establishes a pillar (science education, guidance / mentoring, support network) that supports the membership and the student's stay at university. Based on exposures of individuals as well as through the literature review, scientific initiation appears, in addition to its functions of production, training and dissemination of scientific knowledge, as an important institutional device that assists in the development of essential skills and attitudes to students in graduation, thus collaborating in the adaptation to the academic world.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22630
ISSN: Dissertação
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGEISU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
GREYSSY KELLY ARAUJO DE SOUZA - DISSERTAÇÃO DE MESTRADO UFBA 2016.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA