DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Odontologia >
Programa de Pós-Graduação em Odontologia e Saúde >
Dissertações de Mestrado (POSDONTO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22048

Title: Avaliação dos deslocamentos de disco da articulação temporomandibular (ATM) em adolescentes
Authors: Oliveira Júnior, José Augusto Tuy de Brito
???metadata.dc.contributor.advisor???: Rebello, Iêda Margarida Crusoé Rocha
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Campos, Paulo Sérgio Flores
Keywords: Disco da articulação temporomandibular;Ressonância nuclear magnética;deslocamento de disco
Issue Date: 24-Apr-2017
Abstract: O objetivo desse estudo foi avaliar as características dos deslocamentos de disco da articulação temporomandibular, em imagens de exames de ressonância magnética, em pacientes adolescentes. Foi avaliado o tipo e a prevalência do deslocamento de disco, distribuição por gênero e lado afetado. Além disso, sinais clínicos como estalido, crepitação, dor e amplitude do movimento de abertura bucal foram avaliados. A amostra constou de 72 indivíduos, na faixa etária de 10 à 20 anos (média de 16,7 ± 2,5 anos), sendo 51 do gênero feminino e 21 do gênero masculino. Os exames foram procedidos em equipamento modelo Signa Horizon (GE), magnitude do campo magnético de 1,5 T, com bobina bilateral de superfície de 6,0 x 8,0 cm. A prevalência do deslocamento de disco na amostra foi de 75%. Mais da metade dos pacientes com deslocamento de disco (44 pacientes – 61,1%) apresentaram deslocamento de disco bilateral. Os deslocamentos de disco em geral ocorreram mais no gênero feminino. No que tange aos deslocamentos de disco unilaterais, o gênero masculino foi mais acometido, enquanto que nos deslocamentos de disco bilaterais, o gênero feminino foi o mais acometido. Os deslocamentos de disco com redução apresentaram um aumento desta condição com o avançar da idade. O sinal/sintoma do estalido sugeriu fortemente o deslocamento de disco com redução. O deslocamento de disco sem redução apresentou uma relação direta com a limitação de abertura bucal. O que se conclui do estudo é que os deslocamentos de disco em pacientes adolescentes vem apresentando um aumento em sua prevalência. Existe uma correlação entre o avançar da idade e o aumento na incidência do deslocamento de disco na população adolescente.
In this study, it was evaluated the characteristics of disc displacement of the temporomandibular joint (TMJ) of patients indicated for adolescents Nuclear Magnetic Resonance (NMR), regarding the type and prevalence of disc displacement, gender distribution, affected side , click, crepitus, pain and range of mouth opening movement. The sample consisted of 72 subjects, aged 10 to 20 years (mean 16.7 ± 2.5 years), 51 females and 21 males, examined the period from May 2013 to November 2013. the scans were made in Signa Horizon (GE), the magnitude of the magnetic field of 1.5 T with a bilateral surface coil of 6.0 x 8.0 cm. The prevalence of disc displacement of the sample was 75%. More than half of patients with disc displacement (44 patients - 61.1%) presented bilateral disc displacement. Disc displacements generally involved more in females. With respect to unilateral disc displacement, males were more frequently affected, while in bilateral disc displacement, females were more affected. Disk displacements with reduction of this condition showed an increase with advancing age. The sign / symptom of snapping strongly suggested the disc displacement with reduction. The disc displacement without reduction showed a direct relationship with limited mouth opening. What can be concluded from the study is that the disk shifts in adolescent patients has shown an increase in prevalence. There is a correlation between increasing age and the increase in the incidence of disc displacement in the adolescent population
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22048
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (POSDONTO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação início e apêndice impressão rev.pdfInício e Apêndice158.26 kBAdobe PDFView/Open
Dissertação mestrado corpo impressão.pdfCorpo3.68 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA