DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21363

Title: Avaliação das taxas de resposta terapêutica de pacientes portadores de hepatite C submetidos a terapias com antivirais de ação direta de nova geração: revisão sistemática.
Authors: Sirqueira, Erika Naegel
???metadata.dc.contributor.advisor???: Lyra, André Castro
Keywords: Hepatites virais;Hepatite C;Terapia com antivirais de ação direta
Issue Date: 8-Feb-2017
Abstract: A infecção pelo vírus da Hepatite C (VHC) atinge cerca de 2,35% da população mundial. As terapias antivirais mais eficazes utilizadas no Brasil até 2014/2015 eram a combinação das drogas Interferon Peguilado (PEG-IFN) + Ribavirina (RBV) + Inibidor de Protease de primeira geração (Boceprevir ou Telaprevir). No segundo semestre de 2015, foram introduzidos os Inibidores de Protease de segunda geração (IPSG), o Sofosbuvir e o Daclatasvir. Objetivo: realizar uma revisão sistemática da avaliação das taxas de resposta terapêutica em portadores de VHC submetidos ao tratamento com IPSG, Sofosbuvir e Daclatasvir. Metodologia: pesquisa no MEDLINE/Pubmed e na lista de referências das principais diretrizes clínicas para tratamento do VHC. De acordo com a adequação ao tema, foi feita uma seleção inicial por título e, posteriormente, pela leitura dos resumos. Os artigos escolhidos para leitura na íntegra foram selecionados para revisão final, conforme os seguintes critérios de inclusão: descrição das taxas de resposta terapêutica incluindo os resultados da resposta virológica sustentada (RVS), realizados com seres humanos. 8 artigos foram selecionados para compor este trabalho. Resultados: 63,57% da população estudada nos artigos foi do sexo masculino, na quinta década de vida e 50,9% apresentou o génótipo 1 do VHC. Foi observado que com o uso dos novos antivirais a chance de atingir a RVS aumentou significativamente e que o número de recidivas e de ocorrências de eventos adversos graves caiu. Nos pacientes cirróticos, apesar de ter aumentado a taxa de RVS ainda estão abaixo das taxas de pacientes não-cirróticos. Conclusão: Os antivirais de ação direta de nova geração (Sofosbuvir, Daclatasvir e Simeprevir) apresentam uma alta taxa de resposta virológica sustentada.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21363
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Erica Naegel Siqueira.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA