DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas (PPGORGSISTEM) >
Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20422

Title: Risco teratogênico: a percepção em diferentes segmentos da população
Other Titles: Revista de Ciências Médicas e Biológicas
Authors: Embiruçu, Emília Katiane
Sorte, Ney Boa
Vidal, Renata
Lessa, Licemary
Panão, Eliana
Mota, Ana Carolina
Santana, Tirza
Araújo, Indira
Toralles, Maria Betânia Pereira
Acosta, Angelina Xavier
Keywords: Risco teratogênico.;Gestação.;Anomalia congênita.
Issue Date: Sep-2005
Publisher: Instituto de Ciências da Saúde/ Universidade Federal da Bahia
Citation: EMBIRUÇU, E. K. et al. Risco teratogênico: a percepção em diferentes segmentos da população. R. Ci. méd. biol., Salvador, v. 4, n. 3, p. 201-207, set./dez. 2005.
Abstract: A percepção errônea do real risco teratogênico das drogas às quais as gestantes são expostas pode induzir a erros graves de conduta perante uma gravidez, ou pela interrupção desnecessária da gestação desejada, ou devido às seqüelas permanentes nas crianças. O conhecimento sobre o risco teratogênico é de fundamental importância para a população geral e, principalmente, para a comunidade médica. A percepção do risco teratogênico de quinze fármacos habituais e duas drogas ilícitas foi avaliada entre médicos, estudantes de medicina e mulheres leigas, utilizando-se uma escala visual, na qual os entrevistados assinalaram o risco em percentual de uma criança nascer com anomalia congênita secundária à exposição intra-útero às drogas estudadas. A média da percepção do risco teratogênico para as drogas avaliadas foi maior do que o risco real entre todos os grupos estudados. O risco real de anomalia congênita na população geral foi melhor reconhecido entre os médicos ginecologistas e obstetras. O melhor índice de acerto foi para drogas mais rotineiramente utilizadas durante a gestação (paracetamol e amoxacilina), de acordo com os obstetras.
Description: p.201-207
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20422
ISSN: 2236-5222
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
3_v.4_3.pdf110.7 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA