DSpace

RI UFBA >
Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia >
Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal nos Trópicos (PPGCAT) >
Dissertações de Mestrado (PPGCAT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20375

Title: Infeccção natural por Toxoplasma gondii em quirópteros
Authors: Jesus, Rogerio Fernando de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Gondim, Luis Fernando Pita
Keywords: Apicomplexa;Chiroptera;morcego;Toxoplasmatina;Bahia
Issue Date: 13-Sep-2016
Abstract: Toxoplasma gondii é um protozoário coccídeo formador de cistos teciduais, que tem como hospedeiros definitivos os felídeos, e como hospedeiros intermediários mamíferos e aves. É um parasito disseminado em todos os continentes, que infecta aproximadamente um terço da população humana e pode causar encefalite fatal em pacientes imunodeficientes. Nos animais, tem relevância principalmente em pequenos ruminantes, por causar abortos e outras alterações reprodutivas. Quirópteros podem se infectar com T. gondii e atuarem como fonte de infecção para animais silvestres, domésticos e o homem. No Brasil, ocorre uma alta variabilidade genética do parasito, que pode ser explicada pela grande variedade de hospedeiros no ambiente silvestre. Objetivou-se com este estudo determinar a frequência de infecção em quirópteros de vida livre no estado da Bahia por T. gondii e realizar o isolamento in vivo do protozoário a partir desses animais. Foram utilizadas 124 amostras, provenientes de 97 indivíduos de sete espécies de morcegos, capturados entre os anos de 2008 e 2015, sendo encontrados dois indivíduos positivos por meio da PCR de tecidos, correspondendo a 2,06% de positividade. Nenhum isolamento foi realizado uma vez que os tecidos disponíveis para bioensaio apresentaram-se negativos na PCR
Toxoplasma gondii is a cyst-forming protozoan coccidia, which has felids as definitive hosts, and mammals and birds as intermediate hosts. It’s distributed in all continents and infects about a third of the human population. T. gondii can cause fatal encephalitis in immunodeficient patients. In animals, it’s relevant mainly in small ruminants, for causing abortions and other reproductive abnormalities. Bats can become infected with T. gondii and act as a source of infection for wild and domestic animals and man. In Brazil, there is a high genetic variability of the parasite, which can be explained by the great variety of hosts in the wild environment. The objective of this study was to determine the frequency of free-living bats infection in Bahia by T. gondii and perform in vivo isolation of the parasite from these animals. A total of 124 samples were used from 97 individuals of seven species of bats, caught between the years 2008 and 2015. Two animals were positive by tissue PCR, corresponding to 2.06% of positivity. No isolation was achieved once the tissue available for bioassay showed to be negative by PCR.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20375
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGCAT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Rogerio_Fernando.pdf987.99 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA