DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Direito >
Mestrado Profissional em Segurança Pública >
Dissertações de Mestrado (Segurança Pública) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19707

Title: Interoperabilidade e violência institucional no sistema prisional: (O caso da Comarca de Salvador –Bahia)
Authors: Santos, Andremara dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Soares, Geraldo Ramos
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Lima, Isabel Maria Sampaio Oliveira
Keywords: Prisão (Direito penal);Direitos humanos;Direitos Fundamentais;Violência (Direito);Violência nas prisões
Issue Date: 19-Jul-2016
Abstract: Este trabalho analisa qual a relação existente entre a violência institucional no sistema prisional como um todo, com recorte no sistema prisional da comarca de Salvador (BA), e a ausência de interoperabilidade dos sistemas tecnológicos utilizados pelo sistema de justiça criminal. Optou-se pela realização de estudo de natureza qualitativa, realizado por meio dos procedimentos de revisão de literatura científica, revisão jurisprudencial e legislativa na área penal, processual penal e de direitos humanos. Além disso, foi realizada pesquisa documental e de campo, de caráter quantitativo-descritivo, para análise das características do sistema prisional da comarca de Salvador, na perspectiva do funcionamento do sistema de justiça criminal, em um Estado Democrático de Direito. Procedeu-se à coleta de dados na 2.ª Vara de Execuções Penais e nos locais de custódia de presos. Analisou-se as decisões proferidas no período entre março de 2013 e março de 2014, época em que houve a implantação da metodologia de análise e decisão dos processos de execução penal em audiência, para suprir as impossibilidades técnicas de realização destes atos nos estabelecimentos penais e de acesso eletrônico aos prontuários dos sentenciados. Colheu-se, também, os resultados das correições realizadas nos estabelecimentos penai se carceragens da comarca de Salvador nos anos de 2008 e de 2015, comparando-se a alteração da capacidade de custódia e a quantidade de pessoas efetivamente custodiadas nos estabelecimentos penais e delegacias. Os resultados da pesquisa evidenciaram que a ausência da utilização de sistemas tecnológicos dotados de interoperabilidade pelos órgãos de aplicação da lei penal impede a gestão eficiente do sistema prisional e favorece a violação dos direitos humanos e fundamentais das pessoas em situação de prisão,ao dificultar ou inviabilizar o exercício dos seus direitos e tornar invisível a violência imposta.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19707
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (Segurança Pública)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Final - Andremara dos Santos.pdf6.42 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA